Ir para o conteúdo principal
Major Araújo
Legislatura Período
17ª 2011 até 2015
18ª 2015 até 2019
19ª 2019 até 2023

Perfil biográfico de
Júnio Alves Araújo - PRP

Naturalidade: Goiânia (GO)
Nascimento: 10 de junho de 1966
Filiação: Cícero Araújo e Alvina Alves Araújo
Estado Civil: Casado com Luciana Patrícia de Souza Araújo
Filhos: Camila Patrícia e Estevão Otávio
Formação: Formado em Direito pela Faculdade Universo
Profissão: Militar
Votos em 2010: 33.092 (1º mandato)
Votos em 2014: 21.528 (2º mandato)
Votos em 2018: 38.278 (3º mandato)

* Desfilia-se do PRB em 03 de outubro de 2013.
* Filia-se ao PRP em 04 de outubro de 2013.

* Em 30 de outubro de 2016 foi eleito vice-prefeito de Goiânia, na chapa encabeçada por Iris Rezende, para o mandato de 2017-2020.

*  
Na 17ª Legislatura foi presidente da Organização dos Municípios;  titular nas comissões de Tributação, Finanças e Orçamento;  suplente da Educação, Cultura e EsporteServiços e Obras PúblicasDefesa dos Direitos do ConsumidorDireitos Humanos, Cidadania e Legislação ParticipativaHabitação, Reforma Agrária e Urbana; vice-presidente da CPI do Endividamento do ano de 2010; suplente da CPI da Assembleia CPI da Segurança Pública.

 

* Na 18ª Legislatura, foi vice presidente da Comissão de Segurança Pública.

Trajetória:

Trabalhou em Goiânia como menor aprendiz até 18 anos (Pró Jovem e CESAM).
Com 20 anos, em 1987 ingressou na Polícia Militar no curso de Oficiais.
Desde 1989 até 2005 exerceu diversas funções operacionais na PM.
Em 1982 frequentou o curso de Recursos Materiais de Inteligência na ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) trabalhando por 5 anos no setor de inteligência da Polícia Militar. 
Em 2004 foi eleito presidente da Associação dos Oficiais da PM e BM Goiás para o biênio 2005-2006, sendo reeleito por mais 2 mandatos em 2006 e 2008, respectivamente, exercendo forte atuação classista, inclusive com movimentos paredistas de militares.
Em 2006 concorreu ao cargo de deputado estadual, obtendo uma votação de 7800 votos, aproximadamente.
Em 2008 concorreu cargo de vereador em Goiânia obtendo expressiva votação de 3302 votos, figurando como 1° suplente pelo PRB.
Em 2009 foi empossado no cargo de vereador por 3 meses, em substituição ao vereador Rusemberg Barbosa, licenciado.
Em 2010 foi eleito Deputado Estadual com votação de 33.092 votos, o 12° mais votado do Estado, pela base do atual Governo Estadual. 
Em 2012, com os escândalos envolvendo o atual Governo, dentre eles a operação Monte Carlo, bem como ante a omissão em relação a Segurança Pública, teve o seu rompimento com a base governista passando para a oposição, tornando-se, desde então, o seu mais ferrenho opositor, fato que o levou a ser expulso do PRB em 2013. 
No mesmo ano filiou-se ao PRP, sendo reeleito em 2014 por esta sigla, com a votação de 21.528 votos.
Quando foi Presidente da Associação dos Oficias (2006 - 2010) liderou a comissão integrada pelas associações militares que negociou com o Governo, a aprovação do Plano de Carreira de sua categoria e o regime de subsídio como nova forma de remunerar os militares goianos. A implantação do regime de subsídio recompôs o salário dos policiais e bombeiros militares, corrigindo distorções históricas.
Hoje, exerce polêmica atuação na oposição ao atual Governo, focando o seu mandato na defesa dos militares, dos servidores públicos e da segurança pública.
Crítico implacável da atual gestão estadual possui grande influência nas redes sociais, não abrindo mão de fiscalizar, denunciar e repercutir as ações de Marconi Perillo, sendo inclusive, autor de dois pedidos de impeachment na Assembleia Legislativa de Goiás.

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...