Ir para o conteúdo principal

A- A+

Deputado propõe mais rigor ao contratar prestadoras de serviços

Empresas prestadoras de serviço são obrigadas previamente a informarem aos consumidores dados dos funcionários e horários que executarão os serviços demandados em suas residências ou sedes.

Esse é o teor do projeto de lei apresentado pelo deputado estadual Mané de Oliveira (PSDB), na Assembleia Legislativa durante sessão desta terça-feira, 6.

Pela matéria tais empresas, quando acionadas para realizar qualquer reparo ou prestação de serviço, ficam obrigadas, em um prazo de pelo menos 1 hora antes do horário agendado para a realização do serviço solicitado pelo consumidor, enviar mensagem de celular a este informando, no mínimo o nome e os números do documento de identidade, das pessoas que realizarão o serviço solicitado, acompanhado de foto, sempre que possível.

O projeto determina ainda que, ao ser contatado pelo consumidor, para solicitar o agendamento do serviço, o prestador deverá requerer o número de celular ou e-mail para o envio da mensagem. E caso o solicitante não forneça e-mail e nem número de celular para envio das informações, tal circunstância deve ser documentada pela empresa prestadora de serviços em seus registros, devendo ainda, informar “palavra chave” ao solicitante, a qual será informada ao mesmo pelo funcionário enviado pela empresa ao comparecer ao local.

Pela lei são consideradas prestadoras de serviços:

I - Empresas especializadas em reparos elétricos e eletrônicos;

II - Autorizadas de empresas de aparelhos de utilidades domésticas;

III - Empresas de seguro.

O parlamentar ressalta a importância da matéria uma vez que são cada vez mais comuns relatos de assaltos realizados por bandidos uniformizados, que se apresentam nas residências ou sede de empresa como sendo prestadores de serviço, tai como funcionários de seguradoras, de televisão a cabo, concessionárias de energia elétrica, dentre outros.

“Se toda vez que o consumidor solicitar um serviço receber com antecedência o nome e número do documento de identidade da pessoa que comparecerá em sua residência ou sede para executá-lo, poderá certificar-se que aquela pessoa é de fato enviada pela empresa, garantindo, assim, a segurança do consumidor” ressalta.  

Pela importância da matéria Mané Oliveira está otimista quanto a aprovação do projeto pelos colegas parlamentares.  

Assembleia em Tempo Real

22/05/2019

12:22 - Em 5ª oitiva, CPI vai interrogar o diretor jurídico da Enel Brasil, nesta 5ª-feira, 23

11:11 - Projeto propõe reduzir 50% no valor das passagens de ônibus intermunicipais para estudantes

10:04 - Recebe veto parcial projeto sobre prevenção do uso de álcool e drogas em livros da rede estadual de ensino

09:51 - Comissão de Finanças tem reunião para distribuição e votação de processos hoje

09:09 - Campanha promocional de vacinação contra a gripe na Alego se encerra hoje

08:40 - Plenário aprova projeto do Governo que altera lei que qualifica organizações sociais em Goiás

08:08 - Henrique Cesar cria projeto para maior inclusão social de deficientes auditivos

07:51 - Alego recebe visita de alunos do Educandário Sol Nascente a partir das 8 horas

07:07 - Lissauer faz balanço de quatro meses à frente da Alego em entrevista à TV Rio Verde

07:02 - Sessão ordinária desta 4ª-feira, 22, será realizada às 15h, no Plenário Getulino Artiaga

07:00 - Lissauer recebe o título de Deputado Estadual do Ano

06:50 - Início das atividades

21/05/2019

19:22 - Encerramento das atividades

18:42 - Lissauer Vieira recebe procuradora-geral do Estado e coloca Poder Legislativo à disposição da PGE

18:02 - CPI das Universidades realiza mais uma rodada de depoimentos nesta quarta-feira, às 9 horas

18:01 - Indicação de procurador ao conselho do TCM é aprovada em reunião extraordinária da CCJ

17:45 - Encerrada reunião extraodinária da CCJ

17:31 - Membros da CCJ discutem indicação de procurador para conselheiro do TCM

17:13 - Humberto Aidar encerra reunião da Comissão Mista e abre reunião da CCJ

17:09 - Humberto Aidar abre reunião da Comissão Mista no Auditório Solon Amaral

17:03 - Encerrada sessão ordinária, deputados se reunirão em instantes para reuniões de comissões

17:00 - Adiada votação do nome de Willian Xavier Machado para Conselho Estadual de Educação

16:54 - Aprovado nome de Guaraci Gidrão para Conselho Estadual de Educação

16:52 - Deputados adiam votação de veto de projeto que denomina trecho de rodovia

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...