Ir para o conteúdo principal
  • 20
  • Mar.
  • 2017
  • 14:57

A- A+

Projeto prevê proibição da cobrança de tarifa mínima de consumo de água e energia

De autoria da deputada Isaura Lemos (PC do B), o projeto de lei n° 0765/17 proíbe a cobrança, por parte das prestadoras dos serviços de água e energia elétrica, da tarifa mínima de consumo ou adotarem práticas semelhantes.

Conforme previsto no projeto de lei, fica implementado o sistema de cobrança tarifário sobre o fornecimento de água e energia de acordo com o seu consumo, cabendo aos usuários pagar apenas pelo serviço utilizado.

As empresas responsáveis pelo fornecimento de ambos os serviços justificam a cobrança desta tarifa mínima sob o argumento da necessidade em promover a manutenção, custos da operação e a expansão do sistema de fornecimento.

Em justificativa, a parlamentar ressalta que os serviços de fornecimento de água e energia são essenciais para a população, e o atual modelo de cobrança é contrário aos direitos básicos garantidos pelo Código de Defesa do Consumidor. “A imposição de tarifa mínima atribuída pelas empresas fornecedoras é uma afronta, pois estabelece de forma unilateral e desproporcional, a cobrança de valor mínimo na fatura”, argumenta.

Atualmente, caso não haja consumo ou se este ficar abaixo do fixado pela empresa, fica imposto ao consumidor uma tarifa mínima pela prestação do serviço. Isaura considera uma prática de “venda casada”, ou seja, para receber o serviço, o consumidor é obrigado a pagar uma quantia mínima.

O projeto foi encaminhado à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) para a devida apreciação.

Assembleia em Tempo Real

16/08/2017

19:10 - Encerramento das atividades

18:25 - Governo veta artigo e incisos da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2018

17:41 - Alego leva palestra do projeto "SOS Vida AMARelo" nesta sexta-feira, 18, a Montes Claros

16:28 - Álvaro Guimarães encerra reunião da Comissão Mista

16:05 - Reunião da Comissão Mista é aberta no Auditório Solon Amaral

16:01 - Sessão ordinária é encerrada no Plenário Getulino Artiaga

15:58 - TJ sugere criação de cadastro integrado de devedores

15:55 - Data-base do MP passa na 1ª votação

15:54 - Segue para 2ª votação matéria que propõe alienação de imóvel para UEG em Trindade

15:51 - Medidas de combate ao crime organizado são aprovadas em primeira votação

15:42 - Major Araújo comenta sobre três assuntos no Pequeno Expediente

15:37 - Nédio sai em defesa do Governador durante discurso na tribuna

15:31 - Júlio da Retífica rebate críticas e diz que Perillo tem feito mais que qualquer outro governador

15:26 - José Nelto comenta gastos da Previdência do Estado e cobra conclusão de obras

15:20 - Isaura critica redução de verba ao Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária

15:15 - Francisco Jr questiona decisão de Iris Rezende em não cumprir lei sobre atendimento na rede de saúde

15:13 - Discursos do Pequeno Expediente têm início no Plenário

15:10 - Plenário aprova reunião das Comissões Mista e CCJ para esta tarde

15:07 - Parlamentares apresentam projetos e requerimentos na sessão ordinária desta quarta-feira

15:03 - Sessão ordinária é aberta no Plenário Getulino Artiaga

14:50 - Comissão de Educação distribui 12 projetos para relatoria

14:46 - Audiência pública na Comissão de Finanças é encerrada no Auditório Solon Amaral

14:39 - Francisco Jr convida para audiência pública sobre transparência em listas de exames médicos

14:29 - Relatório mostra que Estado já ultrapassou índice constitucional de investimentos na Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...