Ir para o conteúdo principal
  • 13
  • Set.
  • 2017
  • 12:18

A- A+

Definido planejamento para execução da terceira desocupação predial na Alego

O Plano de Abandono de Área (PAA), a propósito de uma simulação de incêndio no Palácio Alfredo Nasser, prédio da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), e seus anexos, será executado na última semana deste mês de setembro. O planejamento para essa terceira desocupação predial foi traçado nesta quarta-feira, 13, em reunião da Brigada de Incêndio da Alego, na Sala 1 da Escola do Legislativo.

A desocupação predial será coordenada pela Brigada de Incêndio da Alego, com apoio da Seção de Serviços Especiais de Engenharia da Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt), da Polícia Legislativa, Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), Assistência da Polícia Militar (APM) e, naturalmente, do Corpo de Bombeiros. Trata-se de mais uma atividade legal da Brigada de Incêndio da Casa, que conta, hoje, com 86 brigadistas.

Foram definidos os 35 brigadistas que vão atuar como cabeças, meios e fins de fila dentro da Rota de Fuga já sinalizada. Francisco Edison, chefe do Sesmt, esclareceu que o treinamento estratégico é uma exigência da Lei Estadual 15.802/06 que institui o Código Estadual de Proteção Contra Incêndio, Explosão, Pânico e Desastre; e baseado na Norma Técnica nº 17, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás.

Além dos brigadistas, participaram da reunião Clayton Moraes Barros, chefe da Divisão de Policiamento, Informações e Controle Operacional da Assembleia Legislativa; Major Franco, representando a Divisão da Assistência da Polícia Militar; e o Cabo Garcia, do Corpo de Bombeiros Militares. A PM vai oferecer o apoio externo e o Corpo de Bombeiros Militares estará atento para atender o chamado, devendo ser comunicado no início da atividade, ou seja, logo depois do corte de energia do prédio e seus anexos.

Falou-se da importância de se ter um plano B, caso a rota de fuga esteja obstruída.

De acordo com o chefe do Sesmt, na simulação de incêndio, entre outros, serão criados focos de fumaça, acionamento de alarme (sirene) e corte de energia com desocupação real do prédio da Assembleia com orientação dos brigadistas, operação que deverá ser feita em menos de seis minutos. “Acreditamos que na execução desta simulação de incêndio vamos alcançar o tempo ideal, que é de cinco minutos, até mesmo pela experiência adquirida nas duas primeiras desocupações”, frisou.

E acrescentou: “A nossa meta é realizar esse evento semestralmente, para estarmos realmente preparados para salvar vidas num caso real de incêndio”, afirma Francisco Edison.

Através de circular, assinada pelo diretor-geral da Casa, Renato Meneses Tôrres, os coordenadores de Divisões e chefes de Seções já foram informados do evento.

Assembleia em Tempo Real

21/11/2017

15:09 - Sessão ordinária é aberta em Plenário nesta terça-feira, 21

14:46 - Programa de assistência ao idoso e política voltada para autistas são aprovadas na CCJ

14:39 - CCJ aprova projeto que cria Colégio da Polícia Militar no município de Luziânia

14:10 - CCJ aprova veto do Governador a projeto de Helio de Sousa

14:04 - Deputado Álvaro Guimarães abre reunião da CCJ nesta terça-feira

13:51 - Projeto da Governadoria doa imóvel para reconstrução de praça em Turvânia

12:56 - Curso de Relacionamentos Interpessoais e Resolução de Conflitos tem avaliação positiva

11:52 - Encerrada audiência que debateu o feminicídio em Goiás

11:44 - Representante do Governo se compromete levar demandas ao conhecimento do governador

10:44 - Participantes opinam na audiência pública sobre “Política de Doação de Sangue Em Goiás”

10:31 - Aberto espaço para perguntas durante audiência sobre feminicídio

10:31 - Conselheira sugere criação de centro de referência para atendimento às mulheres

10:25 - “Violência contra a mulher começa com as ameaças”, destaca presidente do Conem

10:20 - Segunda Secretária do CES e Presidente da Cut discordam do Procurador do Estado

10:15 - Perita criminal destaca importância de se seguir as diretrizes nacionais sobre o feminicídio

10:03 - Procurador do Estado afirma que o Governo Estadual fiscalizará os hemocentros em Goiás

10:02 - Delegada de Aparecida de Goiânia afirma que educação é a solução para feminicídio

09:53 - Delegada incentiva que mulheres denunciem casos de violência

09:43 - Adriana Accorsi destaca a importância da mobilização contra o feminicídio

09:34 - Aberta audiência pública que trata sobre a Política de Sangue no Estado

09:23 - Tem início audiência pública sobre feminicídio em Goiás

08:44 - Francisco Jr faz visita técnica ao Centrer da Emater

08:03 - Audiência pública debate Feminicídio em Goiás nesta terça-feira

07:21 - Alego realiza hoje 7º encontro do curso de Relacionamentos Interpessoais

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...