Ir para o conteúdo principal

Outubro Rosa

A- A+

Outubro Rosa

Assembleia Legislativa adere a campanha "Outubro Rosa". Estão agendadas palestras, mesa redonda e também uma campanha de arrecadação de lenços. O prédio será iluminado com a cor rosa.

A Assembleia Legislativa programou uma série de atividades alusivas ao movimento "Outubro Rosa". Durante todo o mês de outubro, serão intensificadas as atividades e mobilizações em prol do diagnóstico e tratamento do câncer de mama. Palestras, mesa redonda e arrecadação de lenços fazem parte do cronograma de atividades por intermédio das Diretoria Geral, Diretoria de Comunicação da Casa, Divisão de Saúde e Promoção Social e Seção de Atividades Culturais.

As atividades da campanha iniciam a partir do dia 2 de outubro. Nesse dia, haverá o lançamento da campanha de arrecadação de lenços no Parlamento Goiano para doação a Associação de Combate ao Câncer de Goiânia. A campanha prossegue até o dia 31 de outubro. Após o encerramento, todo o produto arrecadado será entregue a ACCG, contribuindo assim com as mulheres em tratamento quimioterápico possam ter o acessório, utilizado para minimizar o impacto visual deste procedimento.

No dia 5 de outubro acontece a abertura oficial da campanha Outubro Rosa com palestra a ser proferida pelo médico Jurandyr Vasconcellos, que é radiologista e da voluntária Eliane Quintaes, que fará demonstração de amarração de lenços. O evento está marcado para acontecer no saguão da Casa de Leis, a partir das 9 horas. Na abertura das atividades do dia 5, a harpista Aline Araújo fará uma apresentação musical. Ainda neste dia, estarão funcionando no Saguão Interno do Palácio Alfredo Nasser, vários estandes, com exposição de produtos e também distribuição de brindes. Estarão expondo neste dia o Fujioka, O Boticário, Zuleika, Moda íntima, Clínica de Nutrição Revive, Opéra Estética e por último, haverá um sorteio de um voucher do Restaurante Cabaça de Mel. 

Já no dia 18 de outubro, dentro do cronograma de atividades da Campanha Outubro Rosa, uma mesa redonda contará com a presença de três mulheres, que farão um debate sobre o Câncer de Mama. A mesa será composta pela empresárias Danila Guimarães e Marie Proffit e pela médica e presidente da Associação Brasileira de Mastologia Regional de Goiás, Rosemar Macedo. Também neste dia a Seção de Atividades Culturais disponibilizará para as mulheres, estantes de beleza, produtos de maquiagem, nutrição, dentre outros. A mesa redonda acontecerá no Auditório Solon Amaral, às 9 horas.

História “Outubro Rosa”

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama. 

A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www.komen.org). 

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche e etc. (www.pink-october.org). 

A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente. 

A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.

No Brasil, o pontapé inicial deste movimento aconteceu em outubro de 2002, quando um grupo de mulheres simpatizantes com a causa do câncer de mama, junto com o apoio de empresas iluminaram de rosa o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, também chamado de Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo. Em outubro de 2008, o movimento ganhou força e várias cidades brasileiras foram iluminadas como uma forma de chamar a atenção para a saúde da mulher. Outubro Rosa é um campanha forte, principalmente nas redes sociais, sempre com o objetivo de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de Mama. 

Assembleia em Tempo Real

22/02/2018

18:51 - Encerramento das atividades

18:34 - Assembleia sedia encontro da Associação dos Advogados Criminalistas

17:40 - Governador veta alteração na Lei que cria o Fundo de Transportes na Agetop

16:41 - Em Santa Rita do Novo Destino, Conselho Tutelar necessita de carro

16:36 - Comissão Mista distribui processos e encerra reunião

16:27 - Plenário discute projeto que isenta municípios da exigência de certidões de adimplemento para repasse recursos do Estado

16:25 - Sessão extraordinária é encerrada e comissões são convocadas

16:22 - Imóveis com mais de 350 m² podem ser obrigados a instalar cisterna

16:07 - Mesa Diretora recebe matérias

15:47 - Presidente encerra sessão ordinária e abre sessão extraordinária

15:42 - Delegada Adriana Accorsi encaminha pedido de moção a policiais

15:38 - Começa o Pequeno Expediente

15:36 - Comissões Mista e CCJ são convocadas

15:34 - Assembleia recebe 11 vetos do Governo do Estado

15:28 - Mesa Diretora recebe requerimentos e projetos na sessão ordinária desta 5ª-feira

15:24 - Carlos Antonio ajudará Conselho Tutelar de Goianésia a conseguir equipe multidisciplinar

15:09 - Sessão ordinária é aberta no Plenário Getulino Artiaga

14:58 - Após esgotamento da pauta, reunião da CCJ é encerrada

14:54 - CCJ rejeita projeto que propõe mensagens sobre uso de álcool e drogas em ingressos de shows

14:50 - CCJ aprova modificações em entrega de Título de Cidadão Goiano

14:45 - Comissão aprova projeto que estabelece tempo de vida útil de transportes escolares

14:39 - CCJ aprova projeto que quer evitar que consumidores paguem por água que não consumiram

14:34 - Deputados ouvem indicado ao Conselho Estadual de Educação na CCJ

14:20 - Rejeitado veto a projeto que prevê abrigos para embarque e desembarque de passageiros.

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...