Ir para o conteúdo principal

A- A+

Projeto de Lissauer Vieira que põe fim de três dígitos em preço de combustíveis é aprovado pela CCJ

O projeto de lei nº 3627/17 foi colocado em apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) durante reunião desta tarde e, após explicação do autor, Lissauer Vieira (PSB), os parlamentares decidiram rejeitar o parecer contrário do relator Simeyzon Silveira (PSC). Dessa forma, a matéria sai da Comissão apta a ser votada em primeira fase de discussão e votação do Plenário.

O texto propõe extinguir a formatação de preço ao consumidor de combustíveis no Estado de Goiás e, para tanto, pede a exclusão do 3º dígito no preço nos postos e a limitação a dois dígitos de centavos, ou seja, duas casas decimais. A proposta diz ainda que a informação do preço do litro de cada combustível (gasolina, diesel e etanol) deve constar em todas as bombas e no pátio dos postos em local visível e com destaque.

Lissauer Vieira fez constar da propositura a obrigação do Poder Executivo em expedir normas para execução e cumprimento das disposições da lei e estabelecer penalidades em caso de seu descumprimento.

O parlamentar argumenta que desde o início do Plano Real, em 1994, os preços dos combustíveis são fixados com três casas decimais, ou seja, milésimos de centavos, porém ele contesta essa prática. “O que poderia ser razoável há alguns decênios não o é mais nos dias de hoje. O preço de qualquer produto é estabelecido com valores em reais e centavos, ou seja, duas casas decimais. Entretanto, os donos de postos continuam a utilizar de estratégia que confunde e causa prejuízos ao consumidor”, justifica Lissauer.

Assembleia em Tempo Real

25/09/2018

19:01 - Encerramento das atividades

18:54 - Álvaro Guimarães entrega Títulos de Cidadão Goiano nesta quarta-feira

17:12 - Saguão do Legislativo recebe exposição fotográfica "100% Nativos"

15:56 - Após deliberação da Ordem do Dia, José Vitti encerra sessão plenária

15:51 - Plenário derruba veto do Governo que trata da data-base dos servidores da Alego

15:42 - PEC do Orçamento Impositivo é aprovada pelo Plenário em primeira fase

15:24 - Isaura Lemos questiona cobrança de pedágio e serviços prestados por Organizações Sociais

15:21 - Luis Cesar Bueno é contra cobrança de pedágio na região metropolitana da Goiânia

15:17 - Seis deputados apresentam matérias na sessão ordinária desta 3ª-feira

15:11 - Oito vetos do Governo foram lidos no Expediente desta tarde

15:06 - José Vitti abre sessão ordinária desta terça-feira

14:51 - Comissão encerra trabalhos após limpar a pauta de vetos e proposituras

14:30 - CCJ aprova projeto do deputado Carlos Antonio que inclui conselheiros tutelares no Ipasgo

14:22 - Veto à isenção de pagamento do ITCD é derrubado pela CCJ

14:09 - Carlos Antonio abre reunião ordinária da CCJ no Auditório Solon Amaral

14:00 - Projeto contra a violência obstetrícia é submetido à sanção do Governador

12:47 - Parlamentares votam projeto que institui atividade home office para servidores públicos

10:52 - Propostas de revisão salarial dos servidores do TCE e TCM serão votadas nesta terça-feira

09:39 - Coral dos Servidores da Alego faz apresentação em instantes no CRER

08:50 - Abertura da exposição de fotografia "100% Nativos" acontece nesta terça-feira

07:30 - Deputados tem pauta extensa para sessão ordinária desta terça-feira, 25

07:15 - Proposta apresentada no Programa Politizar é objeto de projeto em tramitação na CCJ

06:55 - Início das atividades

24/09/2018

19:00 - Encerramento das atividades

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...