Ir para o conteúdo principal

Reunião no INMETRO

A- A+

CPI dos Combustíveis

Presidente da Comissão, deputado Santana Gomes, visita Inmetro na manhã desta sexta-feira e anuncia pretensão de fazer diligências em postos de gasolina. O Procon acompanhou a reunião no órgão.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instalada para investigar suspeita de formação de cartel e de cobrança de preços abusivos por postos de combustíveis, pretende realizar diligências surpresas em alguns postos de combustíveis. A informação foi passada pelo presidente da CPI, deputado Santana Gomes (PSL), ao superintendente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), delegado de polícia civil, André Luis Abrão, durante visita oficial àquele órgão na manhã desta sexta-feira, 15.

Santana Gomes fez avaliação positiva da conversa que manteve com o superintendente do Inmetro no Estado de Goiás. “Mantivemos uma conversa enriquecedora, onde obtivemos esclarecimentos importantes de todas as atividades realizadas pelo Inmetro. Inclusive, o Dr. André foi feliz ao prestar esclarecimentos sobre o episódio pontual, ocorrido em Anápolis, em que sete fiscais do Inmetro foram detidos. Até porque a CPI pretende realizar um trabalho para punir corruptores passivos e ativos”, ressaltou o parlamentar.

Da reunião, na sede do Inmetro, no Setor Sul, participaram representantes do Procon Goiás, ao exemplo do gerente de fiscalização, Marcos Rosa. Ele adiantou que vai acompanhar a CPI dos Combustíveis em todas as visitas oficiais que for fazer. “Estamos trabalhando com determinação para contribuir ao máximo com essa Comissão, inclusive municiando-a com documentos”, frisou o gerente de fiscalização do Procon Goiás. Inclusive, adiantou que o órgão representa a Agência Nacional do Petróleo (ANP), em Goiás, e vai acompanhar a CPI nas diligências aos postos de gasolina, para verificar não apenas a questão do alinhamento de preços, mas também da qualidade do combustível vendido ao consumidor.

André Abrão recepcionou o deputado Santana Gomes, juntamente com sua equipe técnica. Cumprimentou o parlamentar pela iniciativa e se colocou à disposição para contribuir com a CPI no que estiver dentro das atribuições do Inmetro. Adiantou, inclusive, que estará sempre pronto para acompanhar a Comissão em diligências surpresas nos postos de combustíveis. “Entendemos que essa união entre os órgãos e instituições de defesa dos direitos do consumidor é muito importante, principalmente nesse momento em que ele está sendo bastante penalizado com os preços abusivos da gasolina”, colocou.

Ele ainda disse ao deputado que, quando titular da Delegacia do Consumidor (Decon) realizou um inquérito, em que indicia cinco proprietários de usina, presidente de uma distribuidora de álcool do Mato Grosso do Sul e vários donos de postos, inclusive o ex-presidente do Sindiposto, André Rocha, mas que o mesmo não teve o devido andamento no Judiciário. Com isso, Santana Gomes disse que vai apresentar requerimento solicitando uma visita oficial ao Poder Judiciário, para saber mais sobre essa questão de arquivamento de alguns processos. “Inclusive, a CPI pretende efetuar algumas prisões e queremos saber se o Judiciário vai soltar as pessoas que porventura prendermos”.

A CPI dos Combustíveis tem duas visitas agendadas para esta segunda-feira, 18. A primeira,  às 9h30, no Ministério Público Estadual; e, a segunda, logo após o término da primeira visita, por volta das 10h30, na Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Estado de Goiás. 

Assembleia em Tempo Real

25/03/2019

22:57 - Encerramento das atividades

20:48 - Sessão especial para celebrar Campanha da Fraternidade é encerrada no Plenário

20:45 - Dom Washington Cruz explica a razão da Igreja em levantar a reflexão política

20:40 - Humberto Aidar repercute tema da Campanha e sobre necessidade de se banir a corrupção

20:32 - Em discurso, Humberto Aidar e Dom Washington Cruz abordam o tema "Fraternidade e as políticas públicas"

20:20 - Presidente abre solenidade dedicada à Campanha da Fraternidade de 2019

19:04 - Comissão de Turismo recebe amanhã às 11 horas a presidente da ABIH na Alego

18:23 - Lissuaer destina mais de R$ 2,7 milhões para 20 municípios goianos investirem em Saúde

18:20 - Audiência pública debate falhas na prestação de serviços pela Enel Goiás nesta terça-feira, 26

18:00 - Após intervenções do público, é encerrada audiência pública que discutiu segurança de barragens

17:39 - Reunião da Comissão da Educação aprova convite para Fátima Gavioli

17:28 - Relator da Comissão de Desastre de Brumadinho afirma que pacote com projetos será entregue à Câmara dos Deputados no fim de abril

16:54 - José Mário Schreiner defende que lei sobre barragens precisa diferenciar as utilizadas como reserva de água para produtores rurais

16:37 - André Janones declara que apenas multas não previnem tragédias em barragens

16:24 - Escola do Legislativo dá início ao curso Poder Legislativo e Processo Legislativo para servidores do vespertino

15:55 - Para deputado federal Zé Silva a impunidade estimula novas tragédias

15:38 - Andréa Vulcanis diz que Goiás deve ter ao menos 30 mil barragens de água ou resíduos

15:25 - Flávia Morais disse que legislação deve permitir exploração sustentável da mineração

14:58 - Karlos Cabral diz que quatro projetos sobre segurança de barragens em Goiás tramitam na Alego

14:51 - Aberta audiência pública sobre segurança das barragens em Goiás

14:24 - Projeto de lei incentiva valorização e fomenta o artesanato em Goiás

13:00 - Título de cidadania ao presidente Jair Bolsonaro deve ser apreciado esta terça-feira, 26, na CCJ

12:49 - Veto derrubado na CCJ deve ser apreciado em plenário nesta semana

12:20 - Sala reservada à amamentação em empresas públicas e privadas é proposta de Adriana Accorsi

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...