Ir para o conteúdo principal

Audiência Pública Projeto Rodobicho

A- A+

Projeto Rodobicho

Deputado Simeyzon Silveira fez audiência pública para buscar apoio ao Rodobicho, projeto que visa a preservação da vida de animais silvestres em rodovias. Evento foi nesta 6ª-feira, 13, na Assembleia.

O deputado Simeyzon Silveira (PSD) realizou uma audiência pública para colher informações que serão utilizadas com a finalidade de aperfeiçoar uma minuta de lei que está sendo confeccionada para formalizar o projeto “Rodovia Segura para a Fauna Silvestre”, o Rodobicho. O evento foi realizado na manhã desta sexta-feira, 13, no Auditório Solon Amaral da Assembleia Legislativa.

O parlamentar garantiu que todas as sugestões apresentadas serão analisadas por uma equipe técnica e, caso sejam viáveis, inseridas no texto que está em elaboração. “Uma legislação será formalizada para garantir que o Rodobicho vigore como uma política pública de Estado e receba todo apoio necessário para a sua efetivação e aplicação. Nossa assessoria estará colhendo mais sugestões ao projeto pelos próximos dez dias. O intuito é que apresentemos uma proposição definitiva ainda este mês”, informou.

O Rodobicho tem o objetivo de preservar a vida dos animais silvestres que fazem a travessia de rodovias goianas, já que a maioria dos projetos rodoviários do País não traz os estudos necessários sobre a mobilidade deles nestes locais, e nem dados sobre atropelamentos e mortalidade dos mesmos. A iniciativa é de autoria do engenheiro Victor Emmanuel dos Reis, responsável pela sua coordenação na Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop).

Victor Emmanuel disse que sua expectativa era de que o projeto já estivesse em fase de implantação e execução mais avançados do que o ponto em que se encontra hoje. "Mas aos poucos, e a cada dia ganhando apoios importantes, como o que acontece hoje aqui na Assembleia, iremos chegar em um resultado que possa garantir a evolução nesta questão e garantir a segurança da nossa fauna e também dos usuários das nossas rodovias", disse. 

Uma das medidas que a iniciativa prevê é a utilização de ferramentas mobile, como aplicativos para smartphones e tablets. A ferramenta virtual possibilitará levantar estatísticas e gerar um banco de dados com a finalidade de direcionar obras na malha rodoviária e desenvolver a consciência ambiental dos motoristas para que se salve o maior número de animais silvestres.

Esse aplicativo está sendo desenvolvido em uma parceria de cooperação técnica com a Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), e, além disso, outras tecnologias serão utilizadas, como sensores de presença dos animais quando estes adentrarem as áreas das faixas de domínio da rodovia. “A população vai ter o acesso ao aplicativo e poderá fotografar os acidentes. Estes registros irão para um banco de dados que poderão ser validados por pesquisadores e serão posteriormente utilizados como dados úteis para a gestão pública", explicou o professor da PUC André Luiz Alves.

Uma importante perspectiva também foi trazida pelo tenente-coronel do terceiro Batalhão Rodoviário Estadual Reginaldo Felisbino Rosa, que destacou como crucial, na luta para diminuição de acidentes com animais silvestres, a redução da velocidade máxima permitida nas rodovias. "Não adianta criação de passarelas, sinalização, entre outras medidas, se a sociedade não entender que estas medidas não terão eficácia se a velocidade perigosa ainda continuar a ocorrer nas rodovias."

Representante da ONG NEX No Extintion, Marina Motta de Carvalho falou sobre as ações da entidade e trouxe dados sobre a questão de atropelamentos da fauna silvestre em Goiás e estudos estatísticos existentes pelo mundo. Ela disse que existem ações de mitigação simples que poderiam ajudar imensamente na preservação da fauna silvestre. 

"O número de acidentes é muito maior do que nossas estatísticas e até mesmo maior do que aquilo que nossos olhos testemunham. A exemplo, os acidentes com aves não deixam rastros, não causam danos, porém acontecem diariamente em grande número, e muitas das medidas para amenizar esta situação não demandam grandes esforços", pontuou Marina Motta de Carvalho.

Representante da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Cléber Dias anunciou que está sendo feita uma parceria entre a corporação, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) para mapear todas as propriedades particulares inseridas nas margens da malha viária do Estado. Ele ressaltou a importância destes proprietários se conscientizarem de regras que não exponham animais domésticos e condutores de veículos ao risco das rodovias.

Assembleia em Tempo Real

21/03/2019

19:04 - Encerramento das atividades

18:56 - Assembleia vai debater nesta sexta-feira reforma da Previdência proposta pelo governo federal

18:02 - Coronel Adailton promove sessão solene para homenagear soldado da PM

17:49 - Comemorações do Mês da Mulher encerram atividades com apresentação da dupla Héster e Helena

17:17 - Sessão ordinária é encerrada

16:53 - Aprovado pelo Plenário matéria que prevê redução da jornada de trabalho de médicos e dentistas do Poder Executivo

16:46 - Projeto que obriga produto congelado a conter informações em embalagens é aprovado pelo Plenário

16:45 - Aprovada em 1ª fase nova propositura do Governo que prevê repasse de recursos à Seduce

16:32 - Parlamentares emendam em Plenário PEC de autoria de Lêda Borges que altera artigo da Constituição

16:25 - Plenário aprova em 2ª votação matéria que prevê isenção de ICMS de medicamentos e materiais hospitalares

15:55 - Talles Barreto diz que Ronaldo Caiado é melhor do que mostrou até agora no Governo

15:49 - Bruno Peixoto afirma que empresas que receberam incentivos fiscais devem pensar mais nos goianos

15:44 - Gustavo Sebba critica corte nos incentivos fiscais e diz que Catalão vai acabar se governador não negociar

15:38 - Alysson Lima propõe criação de frente contra o aumento da tarifa de ônibus

15:33 - Paulo Trabalho parabeniza Jair Bolsonaro pelo aniversário e destaca primeiras ações de seu governo

15:27 - Lêda Borges discute nova tecnologia de acesso à leitura para deficientes visuais

15:10 - Duas matérias são lidas no Expediente da sessão plenária desta quinta-feira, 21

15:07 - Deputados apresentam matérias e requerimentos na sessão ordinária

15:02 - Sessão ordinária é aberta em Plenário nesta quinta-feira, 21

14:50 - Pauta da CCJ é esgotada e Karlos Cabral encerra reunião

14:47 - Dois projetos parlamentares recebem pedido de vista na CCJ

14:45 - Aprovada diligência a dois projetos de origem parlamentar

14:44 - Projetos de origem parlamentar são aprovados na CCJ

14:31 - Comissão de Direitos Humanos conhece tecnologia israelense que garante acessibilidade a deficientes visuais

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...