Ir para o conteúdo principal

A- A+

Promotor fala sobre campanha #ChegadeTrabalhoInfantil

Em sua fala durante audiência pública que debate a erradicação do trabalho infantil, promovida pela Comissão da Criança e do Adolescente (CCA) da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o promotor do Ministério Público do Trabalho (MPT) Antônio Carlos Cavalcante discorreu sobre a campanha intitulada “#ChegadeTrabalhoInfantil”.

A campanha é uma iniciativa do MPT, por meio da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes (Coordinfância), que busca o engajamento dos internautas nas redes sociais, incentivando-os a postar o gesto da hashtag em questão seus perfis como forma de apoio à causa contra o trabalho irregular de crianças e adolescentes.

“Anualmente, fazemos atividades de serviço de utilidade pública, recreação para as crianças e opções de empregabilidade: cadastro de aprendizes, emissão de carteira de trabalho, emissão de carteira de identidade, dentre outros serviços”, contou o promotor.

Ao tratar sobre o lançamento do Fórum Estadual da Aprendizagem, Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepetiago), Antônio Carlos contou que no mês de junho vão ocorrer sucessivos eventos pelo Fórum que congrega com 46 entidades. “Com esse evento de hoje vamos aumentar a quantidade de membros e a partir do dia 22 de julho estaremos na Festa do Divino Pai Eterno, em Trindade, com a campanha contra o trabalho infantil, mas a empregabilidade dos aprendizes continua”, destacou.

Para o promotor a audiência que ocorre na manhã desta terça-feira, 12, tem objetivos educativos e de denúncia sobre as questões do trabalho infantil. Além disso, é um momento para discutir sobre educação. “Se o jovem não tiver uma educação de qualidade ele não vai conseguir ter acesso ao mercado de trabalho, que cada vez mais exige conhecimentos específicos. Também é um momento para a renovação do nosso compromisso de combater o trabalho infantil, de promover a aprendizagem e a educação de qualidade”, destacou.

O evento conta com a presença de diversos jovens aprendizes do Centro Salesiano (Cesam) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Após a apresentação da história da Fepetiago pela auditora fiscal Katleen Lima, foi realizado ato solene de constituição e lançamento do Fórum com a assinatura dos integrantes.

Assembleia em Tempo Real

21/01/2019

17:00 - Encerramento das atividades

12:34 - Seguindo avanços no País, Goiás amplia políticas que valorizam o parto humanizado

11:16 - Decreto de posse de armas divide opiniões na Assembleia Legislativa

09:21 - Luis Cesar Bueno propõe política de valorização do artesanato goiano

07:12 - PEC que trata do reconhecimento jurídico da carreira de oficial militar tramita na Assembleia

06:50 - Início das atividades

18/01/2019

13:12 - Encerramento das atividades

12:52 - Primeira prova do concurso da Alego ocorre neste domingo, dia 20

11:02 - Protagonista dos últimos meses Lívio Luciano faz balanço de seu trabalho como deputado

10:42 - Henrique Arantes quer revogação de lei sobre isonomia e pensões

09:49 - José Nelto propõe que municípios goianos do entorno do DF se tornem região metropolitana

08:51 - Bruno Peixoto defende inserção da Romaria de Guarinos no Calendário Cultural de Goiás

07:17 - Talles Barreto propõe alteração em lei que beneficia servidor portador de deficiência

06:55 - Início das atividades

17/01/2019

13:07 - Encerramento das atividades

12:33 - Pojeto de lei de Simeyzon Silveira visa desenvolver programas assistenciais

11:03 - Projeto obriga hospitais a ter equipamentos para mamografia em mulheres deficientes

09:07 - Festival de Orquídeas de Piracanjuba pode integrar calendário oficial do Estado

07:21 - Proposta prevê contrapartida a empresa que financiar bolsas de estudo

06:51 - Início das atividades

16/01/2019

13:29 - Encerramento das atividades

12:55 - Descumprimento de Lei que combate crimes contra a mulher está apta a análise do Plenário

11:34 - Deputados manifestam pesar pela morte do juiz Adir Barreto

11:34 - Francisco Oliveira admite sessões extras na Assembleia a partir de 22 de janeiro

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...