Ir para o conteúdo principal

Deputado Talles Barreto

A- A+

CPI das Universidades

Membros da CPI das Universidades realizam, em Brasília, dia 1º de agosto, uma oitiva com o secretário de Regulação e Supervisão do MEC, Henrique Sartori, para falar sobre as parcerias firmadas entre institutos e faculdades privadas.

A CPI das Universidades realizará no dia 1º de agosto, às 15 horas, uma oitiva com o secretário de Regulação e Supervisão do Ministério da Educação (MEC), Henrique Sartori. O presidente da Comissão, deputado Talles Barreto (PSDB), e o relator, deputado Simeyzon Silveira (PSD), estão confirmados para o encontro, que ocorrerá em Brasília.

Esta Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi criada para investigar possíveis irregularidades no funcionamento de faculdades particulares situadas em Goiânia e em outros municípios do Estado de Goiás. As denúncias estão sendo apuradas desde o dia 11 de abril, data em que convocados e convidados iniciaram fase de depoimentos na Assembleia Legislativa.

O relator Simeyzon Silveira disse que o MEC será ouvido, dentre outras coisas, para que que se posicione sobre as parcerias firmadas entre institutos terceirizados e faculdades privadas. Segundo ele, os depoimentos coletados até o presente momento sugerem que diversas empresas estão utilizando brechas da Legislação vigente e a falta de fiscalização efetiva dos órgãos competentes, para oferecer serviços educacionais irregulares em Goiás.

O presidente Talles Barreto destacou outro tipo de irregularidade que estaria sendo praticado com frequência e que também vem sendo apurado pela CPI. “Os diplomas emitidos por essas instituições particulares precisam de uma chancela de uma faculdade autorizada e as universidades sérias de Goiás não se prestam a esse papel. Segundo as denúncias recebidas, ao que tudo indica, essas instituições de ensino encaminham os diplomas a uma faculdade de outra unidade da Federação e, mediante pagamento de uma certa quantia por diploma para ser chancelado, funcionam como se tudo estivesse normal”, explica.

Em uma das oitivas, a Procuradora Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) do Ministério Público Federal (MPF), Mariane Mello, que depôs na condição de colaboradora, disse que existe uma grande dificuldade, por parte dos órgãos envolvidos no combate às irregularidades, em reunir provas de que os convênios apresentados pelas instituições de ensino estão em conformidade com os critérios estabelecidos pelo MEC. Segundo ela, muitos documentos são “maquiados”, e como o Ministério não tem capilaridade para realizar in loco as investigações, é inevitável que as fraudes aconteçam.

A CPI das Universidades tem como vice-presidente o deputado Humberto Aidar (MDB) e, também, como membros titulares, Lívio Luciano (Podemos) e Jean Carlo (PSDB). Já a suplência é ocupada pelos parlamentares Lincoln Tejota (Pros), Luis Cesar Bueno (PT), Wagner Siqueira (MDB), Karlos Cabral (PDT) e Carlos Antonio (PTB).

Assembleia em Tempo Real

14/11/2018

19:00 - Encerramento das atividades

18:35 - Inscrições para concurso da Assembleia podem ser feitas a partir de domingo, dia 18

17:42 - Proposta pela Delegada Adriana Accorsi, sessão de segunda-feira homenageia três personalidades

16:32 - Humberto Aidar debate projeto de revitalização da Praça do Trabalhador na segunda-feira, 19

15:39 - Pauta traz projeto que autoriza exame para distrofia muscular em recém-nascidos na rede pública

14:22 - Projeto que institui política de estímulo à energia sustentável está na pauta de 3ª-feira

12:38 - Chico KGL quer desenvolver ações para geração de empregos

11:52 - Comissões técnicas apreciam várias matérias na manhã desta quarta-feira

10:29 - Reunião da CCJ é encerrada

10:20 - CCJ aprova obrigatoriedade de exame odontológico em asilos e creches

10:13 - Mista é encerrada e CCJ é iniciada em seguida

10:07 - Deputados da Mista pedem vista a abertura de crédito de 210 milhões à Seduce

10:00 - Comissão Mista inicia reunião

09:50 - José Vitti encerra sessão plenária e convoca Comissões Mista e CCJ

09:43 - Aprovado home office para servidores do Legislativo

09:36 - Bruno Peixoto volta a defender suspensão do Orçamento Impositivo por dois anos

09:32 - José Nelto defende adiamento do Orçamento Impositivo

09:27 - Helio de Sousa diz que PEC que adia Orçamento Impositivo não será aprovada

09:23 - Jeferson Rodrigues aplaude criação de faculdade que será gerida pelo PRB

09:18 - José Vitti se posiciona contrário a processo licitatório de placas padrão Mercosul

09:17 - Júlio da Retífica e Álvaro Guimarães apresentam matérias na sessão ordinária

09:09 - Sessão ordinária é aberta no Plenário Getulino Artiaga

08:13 - Comissão de Finanças debate, no dia 20, cumprimento das metas fiscais da Secretaria da Saúde

07:05 - Sessão ordinária desta quarta-feira, 14, será realizada às 9 horas, no Plenário Getulino Artiaga

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...