Ir para o conteúdo principal

Deputados participam de assinatura de convênio para recuperação de estradas

A- A+

Caiado diz reconhecer disposição da Assembleia em ajudar o Governo a superar a grave crise fiscal do Estado

Em ato assinatura de termo de cooperação entre a Agetop e prefeituras goianas, na manhã desta quinta-feira, o governador Ronaldo Caiado (DEM) disse reconhecer a parceria, o comprometimento e a responsabilidade da Assembleia Legislativa com as questões referentes ao Estado, em apreciar matérias de interesse do Executivo que são de interesse da sociedade. Na presença de 12 deputados, entre eles Álvaro Guimarães (DEM), Caiado citou a aprovação do Orçamento Impositivo e o projeto que trata de mudanças na política de incentivos fiscais, que deve injetar R$ 1 bilhão no Tesouro estadual, e garantiu a manutenção da parceria do Governo com o Parlamento.

O governador Ronaldo Caiado (DEM), ao discursar durante o ato de assinatura do Termo de Cooperação entre a Agência Goiana de Transportes (Agetop), prefeituras de Jataí, Rio Verde e Ministério Público, na manhã desta quinta-feira, 10, agradeceu e disse reconhecer os esforços da Assembleia Legislativa em apreciar matérias de interesse do Executivo, antes do recesso parlamentar, em colaboração para que o Estado supere a grave crise fiscal que atravessa.

Na presença de deputados que acompanharam a cerimônia, realizada no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Caiado citou a aprovação da Lei de Convalidação dos Incentivos Fiscais, que deve injetar no Tesouro Estadual, este ano, R$ 1 bilhão; e a Emenda Constitucional que instituiu o Orçamento Impositivo, como também o atendimento do pedido de adiamento da votação da Lei Orçamentária Anual (LOA), de dezembro para fevereiro.

“Agradeço a Assembleia Legislativa por adequar as emendas impositivas, dentro daquilo que é possível o Estado poder atender e vinculá-las às áreas da Educação e Saúde”, disse o governador. Em dezembro, a pedido de Caiado, os deputados aprovaram a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que visava instituir o chamado Orçamento Impositivo, com modificações.

A Emenda Constitucional, costurada pelo presidente da Casa, José Vitti (PSDB), previa, inicialmente, percentual de 1,2% da Receita Corrente Líquida do Estado para atendimentos das emendas impositiva. Em seguida, o deputado Bruno Peixoto (MDB) apresentou uma PEC propondo o adiamento da aplicação do Orçamento Impositivo para 2021.

Diante do descontentamento manifestado por parte dos deputados, Simeyzon Silveira (PSD) apresentou uma emenda modificativa, com previsão de pagamentos graduais a serem executados a partir deste ano. Fixou em 0,5% da Receita Corrente Líquida para pagamento das emendas impositivas, em 2019; 0,6% em 2020; 0,7% em 2021; e 0,8% em 2022.

Quanto à Lei Orçamentária Anual, a sua votação só deve ocorrer em fevereiro, após a visita de técnicos da equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que vêm a Goiânia na próxima semana. “Agradeço a Assembleia, por, realmente, deixar que a votação do Orçamento para 2019, após uma avalição feita pelo Tesouro Nacional, para que nós tivéssemos parâmetros reais da realidade do estado e sua capacidade de arrecadação”.

Participaram do ato os deputados Álvaro Guimarães (DEM), Bruno Peixoto (MDB), Major Araújo (PRP), Dr. Antonio (DEM), Iso Moreira (DEM), Karlos Cabral (PDT), Simeyzon Silveira (PSD), Jeferson Rodrigues (PRB) e José Nelto (Podemos), eleito deputado federal; e ainda os deputados eleitos já diplomados Amauri Ribeiro (PRP), Wagner Neto (Neto (Patriota) e Cairo Salim (Pros).

Também marcaram presença no evento vice-governador Lincoln Tejota; a primeira-dama Gracinha Caiado; os secretários Ernesto Roller, de Governo; Rodney Miranda, da Segurança Pública; e Wilder Morais, da Indústria e Comércio; o presidente da Agetop, Ênio Caiado; o presidente da Federação Goiana dos Municípios, Haroldo Naves; o procurador-geral de Justiça, Benedito Torres; e o presidente do Tribunal de Justiça, Gilberto Marques, entre outras autoridades.

Assembleia em Tempo Real

18/01/2019

13:12 - Encerramento das atividades

12:52 - Primeira prova do concurso da Alego ocorre neste domingo, dia 20

11:02 - Protagonista dos últimos meses Lívio Luciano faz balanço de seu trabalho como deputado

10:42 - Henrique Arantes quer revogação de lei sobre isonomia e pensões

09:49 - José Nelto propõe que municípios goianos do entorno do DF se tornem região metropolitana

08:51 - Bruno Peixoto defende inserção da Romaria de Guarinos no Calendário Cultural de Goiás

07:17 - Talles Barreto propõe alteração em lei que beneficia servidor portador de deficiência

06:55 - Início das atividades

17/01/2019

13:07 - Encerramento das atividades

12:33 - Pojeto de lei de Simeyzon Silveira visa desenvolver programas assistenciais

11:03 - Projeto obriga hospitais a ter equipamentos para mamografia em mulheres deficientes

09:07 - Festival de Orquídeas de Piracanjuba pode integrar calendário oficial do Estado

07:21 - Proposta prevê contrapartida a empresa que financiar bolsas de estudo

06:51 - Início das atividades

16/01/2019

13:29 - Encerramento das atividades

12:55 - Descumprimento de Lei que combate crimes contra a mulher está apta a análise do Plenário

11:34 - Deputados manifestam pesar pela morte do juiz Adir Barreto

11:34 - Francisco Oliveira admite sessões extras na Assembleia a partir de 22 de janeiro

10:40 - Isaura Lemos propõe política de prevenção à violência doméstica em Goiás

09:05 - Álvaro Guimarães se solidariza com Talles pela morte do pai dele, Antônio Barreto

07:55 - Proposta que implementa Estatuto da Família em Goiás tramita na CCJ

07:15 - Presidente da Assembleia manifesta pesar pela morte do pai do deputado Talles Barreto

06:44 - Início das atividades

15/01/2019

23:01 - Encerramento das atividades

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...