Ir para o conteúdo principal
ALEGO

A- A+

Coronel Adailton diz que fim da 3ª classe é uma questão de justiça

O deputado estadual Coronel Adailton (PP) participou ativamente das discussões do projeto nº 625/19, que fez justiça aos praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, além de beneficiar os Agentes de Polícia e Escrivão de Polícia, Polícia Civil, Assistente de Gestão Prisional e Agente de Segurança Prisional e Diretoria-Geral de Administração Penitenciária. À partir da sanção do projeto, aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa, não existirá mais soldados de 3ª classe, passando todos à 2ª classe. O principal ganho para os beneficiados por esta medida é o incremento salarial, com os proventos passando de R$2.126,07 para R$5.766,64.

Depois de muita luta e discussões para o aprimoramento do projeto de iniciativa do Governo, o deputado Coronel Adailton ainda não ficou completamente satisfeito com o resultado, pois o governador Ronaldo Caiado havia prometido outra coisa. Para o deputado algumas carreiras ficaram prejudicadas no que diz respeito ao tempo de atividade no cargo, para fins de promoção. Mas, para não retardar o recebimento dos novos salários, ele votou a favor do projeto original.

Por ser uma das suas principais bandeiras de luta para este primeiro mandato, o deputado Coronel Adailton continuará apresentando emendas e proposituras que possam atender plenamente as reivindicações de suas irmãs e irmãos de farda, bem como de todos os servidores das forças de segurança, sem esquecer o funcionalismo público em geral e as demandas da sociedade civil.

Assembleia em Tempo Real

20/03/2019

19:17 - Encerramento das atividades

18:06 - Assembleia promove reunião para discutir programa de inclusão social para pessoas com deficiência visual

17:32 - Sessão plenária é encerrada pelo vice-presidente da Alego, Dr. Antonio

17:01 - Paulo Cezar Martins abre discursos do Grande Expediente

16:45 - Delegado Humberto Teófilo rebate críticas da oposição ao Governo Caiado

16:34 - Alysson Lima critica presidente da Fieg por declarações contra CPIs da Alego

16:25 - Karlos Cabral diz que fim de incentivos fiscais para indústrias de soja de Rio Verde vai provocar quebradeira

16:16 - Matéria que isenta ICMS de medicamentos e materiais hospitalares doados ao Estado abre votações da Ordem do Dia

16:14 - Musicistas se apresentam no saguão da Alego em homenagem ao mês da mulher

16:03 - Bruno Peixoto rebate críticas sobre nomeações do Governo e se posiciona quanto ao Orçamento Impositivo

15:58 - Karlos Cabral comemora revogação de decreto do Governo anterior que suspendia investimentos na cultura e no esporte

15:56 - No Pequeno Expediente, Talles Barreto defende PEC e governo de Marconi Perillo

15:46 - Alysson Lima se opõe ao reajuste na tarifa do transporte coletivo e critica gestão de Iris Rezende e Ronaldo Caiado

15:41 - Na tribuna, Chico KGL defende menor carga tributária para o agronegócio em Goiás

15:37 - Humberto Teófilo diz que delegados foram perseguidos no governo passado

15:36 - Tião Caroço aponta casos de improbidade administrativa em Formosa e critica Governo

15:26 - Antônio Gomide repercute dificuldades financeiras da UEG e acusações contra o reitor

15:20 - Treze deputados apresentam matérias na sessão ordinária desta 4ª-feira

15:15 - Apenas um ofício é lido no Expediente da sessão plenária desta quarta-feira

15:09 - Encerrada reunião da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento

15:05 - Sessão ordinária é aberta no Plenário da Assembleia Legislativa

14:38 - Deputados iniciam rodada de perguntas para secretária de Economia

14:27 - Cristiane Schmidt disse que taxa de crescimento da economia é baixa, embora tenha havido melhora

14:17 - Cristiane Schmidt diz que pronóstico favorável depende da reforma da Previdência

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...