Ir para o conteúdo principal

A- A+

Antônio Gomide critica orçamento do Governo para as políticas na área do esporte em Goiás

Ao abrir as discussões das matérias constantes na pauta da Ordem do Dia, durante a sessão ordinária que está em andamento na tarde desta quinta-feira, 14, no Plenário da Assembleia Legislativa (Alego), o deputado Antônio Gomide (PT) subiu à tribuna para criticar dispositivos inscritos no processo nº 981/19, de autoria da Governadoria do Estado. O projeto de lei autoriza a abertura de créditos especiais às Secretarias de Estado de Cultura e de Esporte e Lazer, no montante de R$ 400 mil para cada pasta.

Segundo Gomide, os valores expressos no projeto seriam insuficientes para custear as políticas públicas na área de esporte junto aos 246 municípios goianos. “Quando o atual Governo colocou a possibilidade de separar a Secretaria de Esporte do que era antes, Cultura e Educação, pensamos que o Governador queria verdadeiramente investir numa política de valorização do esporte no estado, porque nós sabemos o quanto os investimentos públicos em esporte fazem diferença numa cidade. Mas com 400 mil (reais) não vai dar nem para fazer acompanhamento dos ginásios de cada cidade, ainda que depois haja complementação”, observou.

Para fundamentar sua posição, o parlamentar, que também responde pela presidência da Comissão de Serviços e Obras Públicas da Casa, trouxe dados que revelam os gastos com investimentos na área em diferentes municípios da Região Metropolitana da Capital, Goiânia. “O orçamento da Prefeitura de Goiânia passa de R$ 6 milhões. Em Anápolis, de R$ 25 milhões. O de Aparecida de Goiânia está acima de 15 milhões. E estamos falando de prefeituras”, frisou.

O petista afirmou ainda que investimentos efetivos em políticas públicas de esporte são importantes porque ajudam a reduzir problemas de violência. E criticou projetos do Governo Federal que visam resolver a questão da Segurança Pública no país com políticas que incentivam o armamento da população civil, citando índices do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que apontam para o percentual de 70% dos homicídios deferidos por arma de fogo.

“Precisamos buscar ter uma secretaria que possa evitar danos e ser efetiva nas ações contra a violência. Minha preocupação hoje é de estarmos aqui votando uma matéria achando que estamos somando, mas que, no final, a política não chegará aos municípios. Precisamos fazer com que a política do esporte não seja apenas a citação de uma secretaria, mas que possa verdadeiramente valorizar o combate à violência nas nossas cidades”, finalizou Gomide.

Assembleia em Tempo Real

20/03/2019

19:17 - Encerramento das atividades

18:06 - Assembleia promove reunião para discutir programa de inclusão social para pessoas com deficiência visual

17:32 - Sessão plenária é encerrada pelo vice-presidente da Alego, Dr. Antonio

17:01 - Paulo Cezar Martins abre discursos do Grande Expediente

16:45 - Delegado Humberto Teófilo rebate críticas da oposição ao Governo Caiado

16:34 - Alysson Lima critica presidente da Fieg por declarações contra CPIs da Alego

16:25 - Karlos Cabral diz que fim de incentivos fiscais para indústrias de soja de Rio Verde vai provocar quebradeira

16:16 - Matéria que isenta ICMS de medicamentos e materiais hospitalares doados ao Estado abre votações da Ordem do Dia

16:14 - Musicistas se apresentam no saguão da Alego em homenagem ao mês da mulher

16:03 - Bruno Peixoto rebate críticas sobre nomeações do Governo e se posiciona quanto ao Orçamento Impositivo

15:58 - Karlos Cabral comemora revogação de decreto do Governo anterior que suspendia investimentos na cultura e no esporte

15:56 - No Pequeno Expediente, Talles Barreto defende PEC e governo de Marconi Perillo

15:46 - Alysson Lima se opõe ao reajuste na tarifa do transporte coletivo e critica gestão de Iris Rezende e Ronaldo Caiado

15:41 - Na tribuna, Chico KGL defende menor carga tributária para o agronegócio em Goiás

15:37 - Humberto Teófilo diz que delegados foram perseguidos no governo passado

15:36 - Tião Caroço aponta casos de improbidade administrativa em Formosa e critica Governo

15:26 - Antônio Gomide repercute dificuldades financeiras da UEG e acusações contra o reitor

15:20 - Treze deputados apresentam matérias na sessão ordinária desta 4ª-feira

15:15 - Apenas um ofício é lido no Expediente da sessão plenária desta quarta-feira

15:09 - Encerrada reunião da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento

15:05 - Sessão ordinária é aberta no Plenário da Assembleia Legislativa

14:38 - Deputados iniciam rodada de perguntas para secretária de Economia

14:27 - Cristiane Schmidt disse que taxa de crescimento da economia é baixa, embora tenha havido melhora

14:17 - Cristiane Schmidt diz que pronóstico favorável depende da reforma da Previdência

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...