Ir para o conteúdo principal

A- A+

Talles Barreto rebate, na tribuna, discursos de três parlamentares

O deputado Talles Barreto (PSDB) foi o quinto deputado a discursar durante o pequeno expediente da sessão ordinária desta quarta-feira, 24.  Ele usou a tributa para responder os deputados  Virmondes Cruvinel (Cidadania), Lêda Borges (PSDB) e Delegada Adriana Accorsi (PT), que haviam discursado momentos antes.

Incialmente Talles Barreto parabenizou a luta da deputada Lêda Borges pela aprovação da PEC que beneficiava municípios, e disse que nunca viu acontecer na Casa algo como o que aconteceu com ela. Como presidente do PSDB, ele declarou apoio a sua colega de partido, e que, por mais que o seu projeto fosse apresentado por outro deputado da base do Governo, ela votaria ‘sim’ em benefício dos municípios.

Logo depois o deputado Talles Barreto responde o deputado Virmondes Cruvinel sobre o seu discurso da tribuna. Talles falou que durante toda a campanha do atual governador Caiado foi divulgado que não houve incentivos à cultura na administração anterior, e que isso é uma mentira. Segundo ele, Goiás foi o Estado que mais investiu em cultura durante o Governo Marconi, e anda citou a Lei Goyazes que movimentou cerca de 30 milhões de reais.

O presidente do PSDB também alegou que na atual administração a Secretaria da Cultura não tem eficiência, e serviu apenas para preencher cargos, além de não propor investimentos para a pasta. Talles Barreto disse ainda que, como defensor da cultura, como Virmondes é, deveria lutar para que a Lei Goyazes funcione e fazer com que a Lei da Cultura volte a ser o que era antes. Ele completou sua fala dizendo que nunca houve tanto investimento na pasta como no Governo passado.

Respondendo a deputada Delegada Adriana Accorsi, Talles Barreto justificou que a situação da Celg estava insustentável desde a venda de Cachoreira Dourada, e que não fosse vendida, a estatal iria fechar. Diferente da opinião da deputada, Talles acredita que o Estado deve sim vender as estatais, pois o Estado não consegue geri-las. Ele acrescentou que se a Enel não consegue cumprir o regulamento, quem deve fiscalizar são os órgãos reguladores, e ainda enfatizou que está em andamento na Casa a CPI da Enel, que é um instrumento para se cobrar da Enel o cumprimento das obrigações contratuais. 

Assembleia em Tempo Real

21/05/2019

19:22 - Encerramento das atividades

18:42 - Lissauer Vieira recebe procuradora-geral do Estado e coloca Poder Legislativo à disposição da PGE

18:02 - CPI das Universidades realiza mais uma rodada de depoimentos nesta quarta-feira, às 9 horas

18:01 - Indicação de procurador ao conselho do TCM é aprovada em reunião extraordinária da CCJ

17:45 - Encerrada reunião extraodinária da CCJ

17:31 - Membros da CCJ discutem indicação de procurador para conselheiro do TCM

17:13 - Humberto Aidar encerra reunião da Comissão Mista e abre reunião da CCJ

17:09 - Humberto Aidar abre reunião da Comissão Mista no Auditório Solon Amaral

17:03 - Encerrada sessão ordinária, deputados se reunirão em instantes para reuniões de comissões

17:00 - Adiada votação do nome de Willian Xavier Machado para Conselho Estadual de Educação

16:54 - Aprovado nome de Guaraci Gidrão para Conselho Estadual de Educação

16:52 - Deputados adiam votação de veto de projeto que denomina trecho de rodovia

16:52 - Deputados aprovam em 1ª fase proposição que atende reivindicações de revendedores de veículos

16:37 - Sessão ordinária da Assembleia de quinta-feira, 23, será matutina

16:35 - Deputados derrubam veto de projeto que cria Programa de Integridade

16:27 - Projetos da Governadoria são aprovados em segunda votação

16:25 - Projeto da reforma administrativa é aprovado em primeira votação pelos parlamentares

16:25 - Plenário aprova em 2ª votação projeto de resolução que institui o programa Alego Ativa

16:00 - No Pequeno Expediente, Helio de Sousa defende atuação da bancada de oposição da Casa

15:54 - Gustavo Sebba critica atos do governo Caiado no Pequeno Expediente

15:50 - Líder da oposição, Talles Barreto critica governo estadual

15:44 - Cláudio Meirelles diz que não abre mão do prazo para o envio dos autógrafos de lei à Governadoria

15:38 - No Pequeno Expediente, Humberto Teófilo congratula Rotam pela morte de três assaltantes

15:34 - Lêda Borges critica mudança do batalhão de Valparaíso para Luziânia

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...