Ir para o conteúdo principal
ALEGO

A- A+

Henrique Arantes comanda oitiva com representantes do Inmetro, na CPI da Enel

Os deputados estaduais que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Enel Goiás vão ouvir, nesta quinta-feira (30), a Superintendente do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) de Goiás, Patrícia Pinheiro, e o técnico da instituição, Jair José. A oitiva será comandada pelo presidente da Comissão, deputado Henrique Arantes (PTB).

O Inmetro é o órgão responsável por analisar e averiguar, em Goiás, as possíveis irregularidades nos medidores apontados pela distribuidora de energia, principalmente após serem retiradas das unidades residenciais de origem.

Dentre os principais questionamentos dos deputados em relação ao Inmetro estão os métodos utilizados na hora de aferição de equipamentos encaminhados pela Enel Goiás, quando considera que uma unidade consumidora está com medidor defeituoso.

Os parlamentares têm recebido constantes denúncias de que a Enel não emite comunicados sobre a situação e faz a troca dos medidores sem anuência dos moradores. Como resultado, os consumidores sentem no bolso faturas com valores exorbitantes, muito além do que alegam consumir.

“Muitas vezes, os consumidores sequer participam do processo de aferição desses possíveis defeitos. Só ficam sabendo quando a fatura de energia chega em casa com valores três, quatro vezes mais caros que o normal. Até quando economizam em energia, a conta vem mais cara”, critica Henrique Arantes.

Conforme orientação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para aferição de medidores considerados defeituosos os proprietários devem ser comunicados e convidados a acompanhar todo o processo.

A CPI da Enel foi instaurada, em fevereiro deste ano, na Assembleia Legislativa de Goiás para investigar irregularidades no contrato de prestação de serviços da empresa de distribuição de energia no Estado, além do contrato de compra e venda da Celg-D. Ana Carla Abrão, ex-secretária estadual da Fazenda, será ouvida em agosto. Ainda estão previstas oitivas do presidente da Enel Brasil, Nicola Cotugno, e do ex-governador Marconi Perillo, mas sem datas definidas.


AGENDA - CPI DA ENEL
Dia: 30/05/2019 (quinta-feira)
Horário: a partir das 10h 
Local: Auditório Solon Amaral, Assembleia Legislativa de Goiás

Assunto: Oitiva com representantes do INMETRO e deliberações 

Assembleia em Tempo Real

14/06/2019

19:32 - Encerramento das atividades

18:40 - Casa de Vidro pronta para sediar sessão especial itinerante da Alego na noite de hoje

17:39 - Politizar: com 14 projetos deliberados, segunda sessão plenária é encerrada

17:21 - Politizar: aprovado em primeira fase projeto que dispões sobre a criação de distritos microempresariais

17:12 - Politizar: aprovado em primeira fase projeto que altera lei sobre OS no Estado

16:28 - Politizar: nove parlamentares fazem uso da tribuna no Pequeno Expediente

15:46 - Politizar 2019: segunda sessão plenária é reaberta e 14 novos projetos são inclusos na pauta

15:27 - Politizar: Mesa Diretora recebe treze projetos de deputados

14:06 - Politizar: segunda sessão ordinária é suspensa e reunião ordinária da CCJ é convocada

13:43 - Politizar: segunda sessão plenária é aberta

13:33 - Politizar: CCJ delibera 14 projetos na tarde desta sexta-feira

13:28 - Politizar: Comissões temáticas discutem pautas diversas no final desta manhã

12:33 - Alego faz sessão especial na noite desta 6ª-feira, 14, para conceder titulo de cidadania

11:54 - Karlos Cabral declarou encerrada audiência que tratou sobre a LDO em Simolândia

11:06 - Politizar: Representantes visitam Escola do Legislativo

11:01 - Politizar: CCJ aprova dois projetos

10:28 - Politizar: Comissão de Minas Energia realiza terceira reunião

10:22 - CPI da Enel inicia audiência em Morrinhos

10:16 - Aberto debate sobre LDO em Simolândia

10:10 - Polititzar: Comissão de Direitos Humanos delibera sobre dois requerimentos

09:53 - Politizar: Comissão de Educação, Cultura e Esporte discute temas pertinentes a comissão

09:41 - Audiência pública vai discutir os fatores motivadores da violência escolar

09:00 - Karlos Cabral abre audiência pública sobre a LDO, às 9h30, na Câmara de Simolândia

08:51 - Politizar: CCJ tem sete projetos devolvidos

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...