Ir para o conteúdo principal

A- A+

Repúdio às baixarias do PMDB na campanha eleitoral

Artigo do deputado Honor Cruvinel (PSDB) publicado no jornal Diário da Manhã, edição de 25.09.2010.


* Honor Cruvinel é deputado estadual (PSDB) e vice-presidente da Assembleia Legislativa

Faltando pouco mais de uma semana para as eleições, é lamentável que os goianos continuem assistindo aos nossos adversários, sem êxito nas pesquisas, partindo para ataques e ações de baixo nível. Desrespeitando o povo goiano, o PMDB, liderado por Iris Rezende, apela para a baixaria, desesperado pela possibilidade de derrota já no primeiro turno.

Consciente de que uma campanha eleitoral deve se pautar pela discussão de projetos, Marconi Perillo apresenta suas propostas, destacando eficientes políticas públicas, capazes de solucionar as demandas do povo goiano, como Goiás verificou nos seus dois governos.

O PSDB promove uma campanha limpa, com ênfase nos projetos de governo e, principalmente, em apontar o futuro para Goiás, para dias melhores para nosso povo ansioso por reconquistar o orgulho tão fragilizado nos últimos anos. Com uma campanha alegre e propositiva, sem baixarias, voltada para a discussão do futuro, de um bom projeto de governo para o Estado, a preferência por Marconi cresce a cada dia, conforme comprovam todas as pesquisas.

Contudo, o PMDB faz com que a campanha eleitoral em Goiás se torne uma das mais baixas do País. Como já havia mencionado em outros artigos, Iris Rezende, em seus discursos e manifestações, demonstra ser obcecado pela figura de Marconi. Nada propôs de concreto e mantém-se fixado na tentativa de criar um embate sem a menor qualificação com o PSDB. Suas palavras são ditas apenas no sentido de tentar destruir e jamais de construir fatos positivos para a presente campanha.

O PMDB não apresentou propostas, não discutiu políticas públicas até aqui, apresenta seu material de campanha com o único intuito de atacar Marconi. Nossos adversários subestimam os goianos, acreditando que, através do baixo nível, possam convencê-los a aderir a um projeto arcaico e desumano.

Iris Rezende e o candidato de Alcides Rodrigues, Vanderlan Cardoso, e o próprio governador, continuam demonstrando postura desconexa da realidade atual (onde o povo está ansioso por melhores dias, por propostas exequíveis de governo) e demonstram atitude raivosa e agressiva nos seus ataques contra Marconi. Aderem a uma baixaria total, tentando fazer com que o eleitor goiano assista a um espetáculo de acusações, calúnias e difamações.

Os goianos não aceitam a baixaria e uma política atrasada e equivocada. É lamentável que o ódio e o ressentimento sejam as marcas das campanhas adversárias. Como seria salutar podermos ligar nossos aparelhos de TV e rádio e podermos ver e ouvir propostas de soerguimento da economia do Estado, de uma rede de programas sociais para melhorar as condições de vida de todos os goianos e de todos que para aqui vieram! Infelizmente, nada disso está sendo possível do lado de Iris Rezende e Vanderlan Cardoso.

Mas Marconi Perillo sabe que o povo goiano repudia a troca de ofensas e que prefere ver os candidatos se concentrarem em apresentar projetos para o futuro do nosso Estado. Por isso, mesmo sendo atacado de forma caluniosa pelos adversários, não baixou o nível da campanha e continua apresentando suas propostas para o desenvolvimento do nosso Estado. O resultado dessa postura é o seu crescimento a cada pesquisa realizada. Da nossa parte, os goianos assistem um debate propositivo, com projetos concretos que resultem em melhor qualidade de vida para a população.

A popularidade de Marconi é ostentada pela avaliação que os goianos fazem de seus dois governos; gestões modernas, sintonizadas com a sociedade, participativas e realizadoras, com atuação em todas as áreas. Marconi não focou apenas um setor da administração. Investiu em infraestrutura, mas não descuidou do social. Marconi fez mais em todas as áreas da administração. Nós temos as melhores propostas para o futuro de Goiás, o mais eficiente modelo de gestão pública para nosso Estado, em todos os setores fundamentais.

Como o povo de nosso Estado, repudiamos essa política atrasada, de ataques e agressões rasteiras. Não é isso que Goiás merece. E não é isso que o povo quer. Goiás quer mais, muito mais, e merece que seus anseios sejam atendidos. Por tudo isso, vamos juntos às urnas no próximo 3 de outubro. E vamos escolher o que é melhor para Goiás e para sua gente.

 


Assembleia em Tempo Real

24/04/2019

19:10 - Encerramento das atividades

17:52 - Escola do Legislativo e o Instituto Legislativo Brasileiro firmam convênio

17:30 - Adriana Accorsi promove reunião com entidades para avaliar contratos do Minha Casa Minha Vida

17:06 - Encerrada sessão ordinária desta quarta-feira, 24

17:02 - Adiada votação da indicação de Maria Euzébia de Lima para o Conselho Estadual de Educação

16:37 - Deputados mantem veto integral sobre proposta que criava política de agricultura irrigada

16:35 - Aprovada indicação de Eduardo Mendes Reed para o Conselho Estadual de Educação

16:33 - Aprovada indicação de Sebastião Lázaro para o Conselho Estadual de Educação

16:22 - Projeto que autoriza uso de chapéu em plenário é aprovado em primeira votação

16:07 - Lissauer Vieira indefere PEC apresentada por Thiago Albernaz

16:00 - Talles Barreto rebate, na tribuna, discursos de três parlamentares

15:55 - Lêda Borges critica rejeitação de sua PEC e reapresentação com conteúdo semelhante

15:48 - Virmondes Cruvinel diz que Fórum do Setor Energético vai retomar reuniões e audiências

15:46 - Adriana Accorsi critica privatização da Celg e qualidade do serviço prestado pela Enel

15:38 - Alysson Lima critica aumento da tarifa de ônibus em Goiânia e Região Metropolitana

15:35 - Thiago Albernaz diz que bancada cristã não aceitará defensor de ideologia de gênero no Conselho de Educação

15:31 - Estudantes de direito prestigiam sessão ordinária

15:29 - Ao todo, 25 deputados apresentam matérias durante a sessão desta quarta-feira, 24

15:23 - Projetos e vetos da Governadoria são lidos no expediente desta quarta-feira, 24

14:59 - Aberta sessão ordinária desta quarta-feira, 24

14:51 - Karlos Cabral declara encerrada reunião da Comissão de Finanças

14:30 - Comissão de Finanças vota projetos do Governo e de parlamentares

14:03 - Reunião da Comissão de Finanças é aberta nesta tarde

13:37 - Lissauer Vieira propõe iniciação científica em currículos do ensino médio e fundamental

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...