Acesso à
Transparência

Julio Pina é pré-candidato a prefeito de Senador Canedo

30 de Março de 2020 às 16:53
Julio Pina é pré-candidato a prefeito de Senador Canedo

Em Senador Canedo, na região Metropolitana de Goiânia, já está confirmada a pré-candidatura do deputado estadual Julio Pina (PRTB) à prefeitura nas eleições de 4 de outubro, com o apoio do governador Ronaldo Caiado (DEM).

Eleito à Assembleia Legislativa em 2018 pelos eleitores canedenses, Pina pavimentou sua proximidade política com o governador desde o início de 2019, quando ambos assumiram seus respectivos mandatos.

Nesse período de um ano e três meses, o deputado estadual deu respaldo a Caiado em votações importantes e contribuiu decisivamente com a aprovação das reformas administrativas na estrutura do Governo de Goiás.

A reviravolta na conjuntura local representa a derrota política do atual prefeito, Divino Lemes. Recentemente, o chefe do Executivo deixou o PSD – partido da base marconista pelo qual foi eleito em 2016 – e ingressou no Podemos, sob as bençãos do deputado federal, José Nelto.

Nelto, como se sabe, desfruta de grande proximidade com Caiado. Naturalmente, era de se esperar que seu apadrinhamento a Divino Lemes pudesse ecoar positivamente no Palácio das Esmeraldas.

Não foi assim. Divino não apoiou Caiado há dois anos. Estava ao lado do então governador José Eliton Júnior (PSDB), uma vez que o PSD fez composição com o tucanato, derrotado naquela eleição. Caiado deu de ombros à artimanha de Divino com José Nelto e preferiu seguir de mãos dadas com Julio Pina.

Outro ponto altamente favorável à Pina em Senador Canedo é a recente filiação ao DEM do vereador e atual presidente da Câmara Municipal, Reinaldo Alves dos Santos. O ato simbólico de filiação foi prestigiado por Caiado que, como presidente estadual do DEM, abonou o ingresso de Doutor Reinado à legenda.

Doutor Reinaldo era filiado ao PRTB, mesmo partido de Julio Pina, onde sempre tiveram um bom relacionamento político. Portanto, mesmo agora no DEM, o presidente da Câmara Municipal de Senador Canedo mantém sua aliança política com o partido com o qual foi eleito no pleito de 2016.

Administração desgastada

Se já não bastasse ter sido sufocado politicamente com o cenário acima descrito, o prefeito Divino Lemes enfrenta rejeição e desgastes à frente da administração municipal.

Entre tantos problemas, um deles chama a atenção: em setembro de 2018, o Poder Judiciário decretou a indisponibilidade de bens do prefeito de Senador Canedo, até o limite de R$ 3.785.745,74.

A ação cível pública, por ato de improbidade administrativa, foi proposta pelo Ministério Público (MP) e atingiu também o advogado Paulo Alexandre Cornélio Brom, que foi igualmente proibido de fazer alienação de seu patrimônio.

Segundo informou a assessoria do MP na época, a condenação de ambos os réus foi motivada pela contratação de um escritório de advocacia pela Prefeitura de Senador Canedo para pleitear um único mandado de segurança de interesse do município por R$ 402 mil reais.

A medida jurídica, no entanto, acabou sendo julgada extinta pelo TJ, sem que o mérito da questão fosse analisado. Por essas e outras situações pouco favoráveis, não é difícil imaginar que o mandato do prefeito Divino Lemes seja igualmente extinto nas eleições desse ano pelos 72 mil eleitores canedenses.

Assessoria de imprensa - Auvaro Maia
Compartilhar