Acesso à
Transparência

Notícias dos Gabinetes
Em artigo no jornal O Popular, Amilton Filho destaca: "Goiás é maior que a pandemia"

14 de Setembro de 2020 às 13:05
Em artigo no jornal O Popular, Amilton Filho destaca: "Goiás é maior que a pandemia"

O jornal O Popular publicou, em sua edição de fim de semana, artigo assinado pelo deputado estadual Amilton Filho (SDD), no qual o parlamentar discorre sobre os avanços da Saúde em Goiás durante o período da pandemia. "Antes de tudo, quero aqui demonstrar meu profundo pesar pelas vidas já perdidas neste ano – até agora, são mais de 3.400 mortes só em Goiás por complicações decorrentes da covid-19", lamenta.

O deputado destaca no texto o "aumento considerável no número de leitos de UTI e enfermaria, que começaram a ser interiorizados em Goiás". São 314 leitos de UTI e 456 de enfermaria para enfrentamento da pandemia. Foram criados sete hospitais de campanha, além dos leitos de internação operacionalizados em 14 municípios. "Todas as macrorregiões de Saúde do estado já têm unidades públicas habilitadas para o tratamento da covid-19", continua Amilton.

Alguns dados impressionam, conforme detalha ainda o parlamentar. Até o momento, durante a pandemia, já foram 200 mil procedimentos de março a agosto nos hospitais localizados no Centro-Oeste, Centro-Sudeste, Centro-Norte, Sudoeste e Nordeste de Goiás. Foram restauradas, implantadas ou ampliadas 16 unidades de saúde, em 14 municípios. Uma lista que engloba sete HCamps, em Goiânia, Águas Lindas de Goiás, Luziânia, Formosa, São Luís de Montes Belos, Itumbiara e Porangatu, além das unidades ligadas diretamente à SES.

"Durante o período, ainda foram disponibilizados 360 respiradores, alguns adquiridos diretamente pela gestão estadual e outros doados pelo Ministério da Saúde e instituições parceiras. É uma estrutura que precisa continuar no pós-crise e eu cobrarei do Estado a permanência desses investimentos".

Confira na íntegra o artigo do deputado estadual Amilton Filho em O Popular

Goiás é maior que a pandemia
Amilton Filho
Deputado estadual pelo Solidariedade

Antes de tudo, quero demonstrar meu profundo pesar pelas vidas já perdidas neste ano – até agora, são mais de 3.400 mortes só em Goiás por complicações decorrentes da covid-19. Estamos em um momento de fragilidade e com certeza teremos um longo caminho de recuperação pela frente.

Todos estamos sujeitos aos riscos do novo coronavírus. É claro que tomamos as medidas de prevenção, como o uso de máscaras e demais ações para nossa proteção, essenciais para este momento. Mas, mesmo com todas as cautelas, existem riscos.

Para além do problema em si, é preciso nos indagarmos: que aprendizado restará no pós-pandemia?

Precisamos nos lembrar dos avanços e das conquistas. Tivemos um aumento considerável no número de leitos de UTI e enfermaria, que começaram a ser interiorizados em Goiás. Todas as macrorregiões do estado já têm unidades públicas habilitadas para o tratamento da covid-19.

E os dados impressionam: já foram 200 mil procedimentos de março a agosto. É uma estrutura que precisa continuar no pós-crise e eu cobrarei do Estado a permanência desses investimentos.

Na esfera federal, o Sistema Único de Saúde (SUS), com todos os seus desafios, já era um patrimônio brasileiro invejado em todo o mundo e tende a sair mais forte da pandemia, cabendo ao Governo reafirmar sua relevância para a população.

E o que dizer dos nossos heróis da pandemia? São personagens que ficarão marcados em nossas memórias: profissionais da saúde, que genuinamente cobram mais valorização e melhores condições de trabalho. Heróis do dia a dia, aos quais seremos para sempre gratos.

Do ponto de vista sanitário, os cuidados com a higiene e limpeza, se mantidos pelas pessoas, podem ajudar a combater a disseminação de um amplo leque de doenças infectocontagiosas.

Por tudo isso, acredito que, quando findado esse período de distanciamento necessário, teremos a oportunidade de aproveitar melhor os momentos com nossos pais, filhos, parentes e amigos.

Sinto as perdas humanas, inclusive de pessoas próximas, vítimas da covid-19. Em tempos como esse, devemos todos encontrar uma maneira de criar forças para o que vem pela frente.

Por isso, afirmo que agora é também momento de planejarmos um estado diferente. Afinal de contas, Goiás é maior do que a pandemia. E o povo goiano merece um futuro digno e cheio de esperança.

Gabinete Dep. Amilton Filho Conteúdo de responsabilidade do deputado e sua assessoria de imprensa, não representando opinião ou conteúdo institucional da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).
Compartilhar