Acesso à
Transparência

Notícias dos Gabinetes
Lêda Borges diz que venda das ações da Saneago é prejudicial à empresa e aos servidores

08 de Junho de 2021 às 18:49
Lêda Borges diz que venda das ações da Saneago é prejudicial à empresa e aos servidores

A deputada estadual Lêda Borges (PSDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para se posicionar contra o projeto de lei da Governadoria que permite novos arranjos institucionais na Saneago e abre caminho para a possibilidade de venda de ações da empresa. Para a parlamentar, a propositura é prejudicial e pode causar a destruição da companhia, dos servidores, e, consequentemente, do Estado.

Com firmeza, a deputada se posicionou contra o projeto por três motivos. “Sou contra, porque a Saneago é uma empresa constituída há 54 anos; porque é uma empresa superavitária e porque ela é expert em saneamento no Brasil e seus funcionários têm competência e expertise para essa prestação de serviço com qualidade”, pontuou. 

Além disso, Lêda Borges destacou que a companhia tem um papel social. “Ela ganha dinheiro onde os municípios são grandes e ela investe em municípios que não dão lucro. Esse é seu lado social. A venda das ações e privatização da empresa vai fazer com que esse olhar social nos pequenos municípios não ocorra mais”.

De acordo com a parlamentar, a Saneago é um patrimônio dos goianos, que, infelizmente, estão destruindo. “Volto a dizer: sou contra o Regime de Recuperação Fiscal (RRF), contra a venda da Saneago e contra a destruição desse Estado promovida pelo atual Governo”, finalizou. 

Gabinete Dep. Lêda Borges Conteúdo de responsabilidade do deputado e sua assessoria de imprensa, não representando opinião ou conteúdo institucional da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).
Compartilhar