Acesso à
Transparência

Notícias dos Gabinetes
Delegado Humberto Teófilo enfatiza reflexos do RRF para realização de concursos públicos em Goiás

09 de Junho de 2021 às 17:08
Delegado Humberto Teófilo enfatiza reflexos do RRF para realização de concursos públicos em Goiás

Na sessão desta quarta-feira, 09, o Delegado Humberto Teófilo (PSL) usou a tribuna para reforçar os reflexos negativos do Regime de Recuperação Fiscal (RRF) do Governo federal para o estado de Goiás. Dentre eles, uma das principais consequências, segundo o deputado, é o descaso ainda maior com os concursos voltados à segurança pública, especialmente sabendo do déficit de profissionais da área em Goiás.

Enquanto outros estados, como Minas Gerais, já efetivaram novos concursos públicos, ainda não há previsão de realização das provas em Goiás. 

“Na Polícia Militar, hoje, temos 18.700 cargos ociosos. Na Polícia Civil são 1.562 cargos vagos. No Sistema Prisional, 2.508 pessoas representam os vigilantes penitenciários temporários, que recebem menos de um salário mínimo. No Corpo de Bombeiros há 2.408 cargos ociosos. Os profissionais atuantes estão adoecendo por extrapolarem suas cargas horárias em busca da nossa segurança pública”, reforçou.  

Enquanto isso, a resposta de Caiado é a convocação de policiais militares na reserva remunerada por meio de um processo seletivo. A situação se agrava com a exigência da realização de exames ginecológicos nas mulheres, que, segundo o delegado, fere o direito de intimidade das profissionais.

“Esse é o Governo Ronaldo Caiado. Quero mostrar a vocês que o Plano de Governo está em total descompasso com a realidade. Mas no ano que vem iremos dar a resposta. Vamos continuar pressionando o governador para que ele possa valorizar a segurança pública e o cidadão de bem”, concluiu.

Gabinete Dep. Delegado Humberto Teófilo Conteúdo de responsabilidade do deputado e sua assessoria de imprensa, não representando opinião ou conteúdo institucional da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).
Compartilhar