Acesso à
Transparência

Thiago Albernaz diz que bancada cristã não aceitará defensor de ideologia de gênero no Conselho de Educação

24 de Abril de 2019 às 15:35

Primeiro a discursar durante o Pequeno Expediente da sessão ordinária desta quarta-feira, 24, o deputado Thiago Albernaz (SD) subiu à tribuna para repercutir as duas últimas reuniões da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) ocorridas na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). “Sabatinamos alguns dos indicados para o Conselho Estadual de Educação e nós da bancada cristã, assim denominada por alguns deputados, tivemos a oportunidade de fazer algumas indagações quanto as particularidades dos indicados”, destacou.

Em seguida, o deputado disse que muitos dos questionamentos feitos pelos deputados foram fundamentais para revelar alguns “controversos com aquilo que pretendemos aplicar no Conselho”. “Diante da situação o líder do Governo, deputado Bruno Peixoto (MDB), dialogou com o Executivo e tivemos uma grande conquista”, reforçou antes de anunciar a exigência da bancada cristã ao Executivo: “Não concordaremos com a indicação de representantes defensores da ideologia de gênero para o Conselho Estadual de Educação”.

Como justificativa, o parlamentar disse que essa é uma bandeira que “nós (da bancada) carregamos com bastante prioridade”. “Estou aqui, com o meu mandato, lutando pela família tradicional e esse debate na Comissão nos trouxe uma vitória, haja vista que o Parlamento é uma parte da sociedade que está disposta a dialogar e defender os seus princípios”, ressaltou. Albernaz também aproveitou para estender seus cumprimentos a todos os demais deputados que se mantiveram engajados pela defesa deste ideal.

“Essa é uma vitória da família tradicional. É uma vitória dos princípios em que acreditamos. Temos aqui o desafio de estarmos atentos e combatentes a todos aqueles que vierem, de fato, a afrontar os nossos princípios”, finalizou.

Compartilhar