Acesso à
Transparência

Autoridades e lideranças discutem sobre casa própria em audiência na Alego

25 de Abril de 2019 às 17:06
Crédito: Sérgio Rocha
Autoridades e lideranças discutem sobre casa própria em audiência na Alego
Audiência - Movimentos de Moradia

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) realizou na tarde desta quinta-feira, 25, no Auditório Costa Lima, audiência pública com os movimentos de moradia de Goiás. A iniciativa foi da deputada Delegada Adriana Accorsi (PT). O deputado Henrique Cesar (PSC) realizou a abertura do evento, que contou com a participação de representantes da Agência Goiana de Habitação (Agehab) e lideranças comunitárias ligadas ao movimento pela casa própria.

A mesa foi composta pelos seguintes nomes: deputado estadual Henrique Cesar (PSC); presidente da Agehab, Eurípedes José do Carmo; presidente da Sociedade Habitacional Comunitária, José Maurício Beraldo; presidente do Movimento Metropolitano Pela Reforma Urbana, Simone Inocêncio Teixeira; e a gerente de projetos e Análises Técnicas da Agehab, Fabiana Perini.

Posteriormente também se integraram à mesa, o vereador Anselmo Pereira, a presidente do Movimento das Donas de Casa, Nilza Golfinho e a superintendente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Esteliana Modesto Fonseca.

Em seu dicurso de abertura, Henrique Cesar salientou a importância da habitação para garantir dignidade às famílias e declarou apoio ao movimento pela moradia. “Pude viver este sonho, pois meus pais não tinham casa própria. Quando conseguimos, pude ver a transformação em nossas vidas. Peço ao Governador que olhe pelas entidades que estão trabalhando em prol da moradia”, disse.

O presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, afirmou que a Agência quer ser uma parceira dos que participam do movimento pela moradia. Ele anunciou que, na próxima semana, o órgão realizará uma audiência com a participação de técnicos que estarão à disposição para discutir o tema e esclarecer dúvidas sobre documentação e procedimentos para regularizar moradias.

“O Governador já garantiu recursos para que a Agehab possa investir em projetos para o setor. O momento no País não é bom. Mas a construção civil gera empregos muito rapidamente e em grande quantidade”, salientou Eurípedes.

Maurício Beraldo cobrou da Agehab providências para a conclusão, com urgência, de projeto de moradia no setor João Paulo II.

O vereador Anselmo Pereira também falou da importância de suprir o déficit habitacional e oferecer moradia digna para todos. “Que nós possamos desburocratizar cada vez mais os recursos que chegam para os parceiros desses movimentos. E a Caixa é uma parceira fundamental", disse.

Compartilhar