Acesso à
Transparência

Aprovado em primeira votação processo que autoriza extração de amianto

12 de Junho de 2019 às 16:10

Os deputados aprovaram em primeira votação o processo nº 2488/19, de autoria do deputado Rubens Marques (Pros), que trata da autorização para a extração e o beneficiamento do amianto da variedade crisotila com fins exclusivos para a exportação. O objetivo principal do projeto, de acordo com o deputado, é ampliar a geração de recursos e empregos para o estado, através da exportação que seguirá rigorosamente os padrões e normas internacionais. A matéria será apreciada em segunda votação na próxima sessão ordinária.

O deputado espera a aprovação da matéria, tendo em vista a importância econômica do amianto crisotila para o estado de Goiás, onde o mineral sempre ocupou posição de destaque no ranking de produtos exportados. O texto do projeto esclarece que existem diferenças significativas entre o amianto crisotila produzido no Brasil, utilizado em mais de 150 países, em relação ao amianto anfibólio, o qual foi proibido em todo mundo após ter sido largamente utilizado na Europa e Estados Unidos no passado.

Rubens Marques acrescentou que o estado de Goiás possui a única reserva mineral de amianto crisotila no Brasil, a maior no continente americano e a terceira maior no mundo. O deputado entende que todo esse enorme potencial deve ser explorado em favor do povo goiano.

Importância do amianto para Goiás

Atualmente, o Brasil é o terceiro maior exportador do mundo de fibras de amianto crisotila, comercializando para mais de 30 países e as reservas desse mineral disponíveis em solo goiano sendo suficientes para abastecer à demanda atual por aproximadamente 35 anos. É importante destacar que, hoje, a atividade de mineração é a principal fonte de recursos e maior geradora de empregos no município de Minaçu, na região Norte do estado.

As avançadas técnicas de segurança e rígidos controles de saúde ocupacional implementados na atividade de extração e beneficiamento do amianto crisotila, protegem àqueles que trabalham diretamente com a extração do amianto e tornam a mineração, localizada no estado de Goiás, referência mundial nesse segmento.

Compartilhar