Acesso à
Transparência

Há 23 anos, Alego aprovava criação de Fundo Rotativo na Fundação Leide das Neves

22 de Maio de 2020 às 16:35

No dia 14 de maio de 1997 era publicado no Diário Oficial pelo então governador Maguito Vilela (MDB) a lei nº 13.070, de 14 de maio de 1997, que criava um Fundo Rotativo dentro da Fundação Leide das Neves Ferreira para vítimas do acidente radioativo do Césio 137, ocorrido em 1987 em Goiânia. O projeto foi aprovado por unanimidade na Alego no dia 13 de maio de 1997, uma terça-feira.

Na oportunidade, o Fundo Rotativo criado foi no valor de R$ 20 mil, destinado ao atendimento de despesas de pronto pagamento. A Fundação Leide das Neves foi criada em 1987 depois de aprovada pelos deputados estaduais e sancionada pelo então governador Henrique Santillo (Lei nº 10.339). A Fundação já nasceu dotada de personalidade jurídica de direito privado, autonomia administrativa, patrimonial, financeira e duração indeterminada, com a finalidade de acompanhar, de forma permanente, os efeitos do acidente radioativo de Goiânia.

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar