Acesso à
Transparência

Projeto de Diego Sorgatto proíbe manifestações artísticas que contenham letras de baixo calão e que incitem crimes

29 de Julho de 2020 às 12:48

O deputado estadual Diego Sorgatto (DEM) é o autor do projeto de lei de nº 2851/20, que, se for aprovado, vai proibir as manifestações artísticas por meio de expressões corporais, músicas, danças, coreografias, que contenham letras de baixo calão; estímulo à prática de crime; apologia ao sexo ou uso de drogas; exposição das mulheres à situação de constrangimento ou incentivo à violência e desvalorização da mulher, na rede pública de ensino de Goiás.

De acordo com a propositura, considerando que a escola é uma das principais formadoras de caráter, valores e conduta infantil e juvenil, é dever do Estado preservar a finalidade dessas instituições de ensino, que têm sido veículos de formadores de crianças, jovens e adolescentes, afastando-os da influência de composições que possam interferir negativamente em seu comportamento e aprendizado.

“Esses cuidados são imprescindíveis, pois a proibição do uso de manifestações artísticas por meio de expressões corporais, que contenhamletras de baixo calão, estímulo à prática de crime e outras situações relacionadas a violência, são fundamentais para o sucesso de ações preventivas”, salienta o deputado.

O projeto encontra-se na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e tem relatoria do deputado Amilton Filho (Solidariedade).

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar