Acesso à
Transparência

"Isso é Goiás" destaca Jaraguá

22 de Fevereiro de 2021 às 15:02
Crédito: Divulgação
"Isso é Goiás" destaca Jaraguá
Isso é Goiás
Série Isso é Goiás, nas redes sociais da Assembleia, mostra que a cidade de Jaraguá vai muito além de ser a capital goiana das confecções. O município além de belezas naturais, ainda tem atrações históricas.

A cidade de Jaraguá, no Vale do São Patrício, é famosa por abrigar um polo confeccionista, exportador de moda para todo o Brasil. Mas o município, formado ainda no ciclo do ouro, tem várias atrações turísticas e é o destaque da semana na série "Isso é Goiás", publicada todos os domingos nas redes sociais da Assembleia Legislativa de Goiás. 

A exploração das minas de ouro no interior do Brasil foi responsável pela formação de diversas cidades, sendo que Jaraguá é uma delas. Depois de chegar à Vila Boa, atual cidade de Goiás, o famoso bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva, já percebendo a abundância do metal valioso, continuou sua busca por mais e mais minas. E seguiu desbravando o que seria, no futuro, o estado de Goiás, chegando à Meia-Ponte, hoje Pirenópolis, e depois a uma região rica em mananciais e uma imponente serra. Assim teve início o Arraial Córrego do Jaraguá. Logo depois começaram a surgir lavouras próximas produzindo alimentos para os homens que trabalhavam na extração do ouro. 

Aos poucos, o povoado foi crescendo e no início do século XIX, em virtude da diversificação da economia, se encontrava entre os prósperos arraiais da Capitania de Goiás. Há, inclusive, registros da passagem de viajantes europeus, como o botânico francês August de Saint’ Hilaire, pelo Arraial, que davam notícias sobre a prosperidade do lugar. Em 1833, o arraial é elevado à condição de Vila de Nossa Senhora da Penha de Jaraguá e, em 1882, com a emancipação política, o município passa a se chamar Jaraguá, que em tupi-guarani significa Senhor do Vale. 

Parte do crescimento da cidade sempre esteve relacionado às estradas que passam pelo município. Primeiro por um ramo da Estrada Real que ligava o Rio de Janeiro à Vila Boa, já que a cidade era um ponto de passagem para várias direções. Por causa disso, recebeu imigrantes de outras regiões da Província de Goiás, principalmente antigos centros mineradores que entraram em decadência. Já na década de 60 do século passado, Jaraguá foi impactada pela construção da BR-153, o que, mais uma vez, deu novo ritmo ao crescimento populacional e à expansão urbana do município.

Logo depois, a partir de 1980, a cidade passa por um novo ciclo econômico, com a instalação de muitas indústrias confeccionistas, o que acabou dando a Jaraguá,  o título de "capital das confecções" do Centro-Oeste e um centro distribuidor de moda para todo o País. 

Turismo 

Engana-se quem pensa que os atrativos turísticos de Jaraguá se limitam à famosa e impressionante serra. Sim, o Parque Ecológico da Serra de Jaraguá, com seus 520 metros de altitude, é a atração mais conhecida e, por si só, já vale uma visita, pela beleza e pelas inúmeras possibilidades de diversão e aventura. Além das trilhas, a Serra do Jaraguá também faz parte do circuito nacional do campeonato de parapente, já que suas correntes de ar são consideradas como umas das melhores do Brasil para prática do esporte. E para quem não gosta de aventura, mas aprecia história, no parque ainda se encontram dois sítios arqueológicos: Petroglios e Ruínas.

Ainda na mesma vibe, depois de descer da Serra, o visitante pode apreciar as muitas construções históricas, com destaque para a arquitetura do período colonial. Além dos casarões, tem também a Igreja do Rosário, construída por escravos em 1776, e ainda hoje totalmente conservada; a Igreja Nossa Senhora da Conceição, construída a partir de 1828 e a Igreja Nossa Senhora da Penha (Matriz), construída em 1748, demolida em 1918, reconstruída em1950 e recentemente remodelada. 

Voltando para as atrações naturais, bem pertinho da cidade, tem o Rio das Almas, onde o turista pode tomar banho, pescar e para quem gosta, participar do campeonato do Rally de boia; a Cachoeira do Saraiva, com piscinas naturais e pequenas quedas d'água e o Poção da Serra, com águas transparentes entre os grandes paredões de pedra. E pra fechar, belos rios com direito à pequenas praias, como o Rio das Almas, o Rio do Peixe e Rio da Prata.

E aí? Pronto para conhecer Jaraguá? Mas se o município não for o que você procura, siga as redes sociais da Alego e confira dicas de outros lugares com muitas opções para sua próxima viagem, na campanha Isso é Goiás. Não se esqueça: as postagens são sempre aos domingos. 

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar