Acesso à
Transparência

Comissão de Minas e Energia

05 de Julho de 2021 às 10:33
Crédito: Agência de Notícias
Comissão de Minas e Energia
Deputado Virmondes Cruvinel
Deputado Virmondes Cruvinel, que preside o colegiado, faz balanço das ações da Comissão de Minas e Energia no 1º semestre, com destaque para as visitas a cases de sucesso. Ele considera que o trabalho foi muito positivo.

Os deputados integrantes da Comissão de Minas e Energia, através do Fórum Permanente de Assuntos Relacionados ao Setor Energético do Estado de Goiás, tiveram um semestre intenso, marcado por reuniões e visitas técnicas.

A avaliação positiva do trabalho é feita pelo presidente do colegiado, deputado Virmondes Cruvinel (Cidadania). “Esse semestre foi extremamente produtivo, fizemos os encontros periódicos da comissão com as reuniões virtuais, tendo esse momento de interação entre o setor público, o privado, universidades e também outras instituições.”

Cruvinel ressalta, ainda, a realização de ações práticas, marcadas por visitas técnicas a empreendimentos importantes, além de trabalhar na pauta legislativa, voltada à aprovação e discussão de matérias ligadas ao desenvolvimento do setor energético e de mineração em Goiás. 

Dentre as importantes ações com as visitas técnicas, merece destaque o trabalho realizado em prol das fontes renováveis de energia, com a apresentação de cases como as usinas fotovoltaicas do Assaí Atacadista e da Uniodonto Goiânia. "Estamos conhecendo as boas práticas de exemplos de utilização de energia solar em todo o estado, para melhorar a vida das pessoas, que, inclusive, têm ajudado na manutenção do consumo de energia, com economia para a empresa", ressalta Virmondes. 

Usina

O parlamentar, acompanhado pelo coordenador do Fórum Permanente do Setor Energético, Lourival Fonseca Júnior, conheceu a planta da usina de geração de energia fotovoltaica da Assaí, implantada a partir de 2017, com a instalação de 2.800 placas.

Com o foco na economia de energia e de ter autossustentabilidade em relação à eletricidade consumida dentro da empresa, foi planejada a instalação da unidade própria de geração de energia . "Esse é um exemplo de boas práticas, e que pode ser levado para outras cidades", afirmou Virmondes.

Para o parlamentar, o investimento realizado pela empresa e o exemplo de sustentabilidade, com vista no presente e no futuro, merecem todo reconhecimento como uma boa prática, que deve ser replicada por outros empreendimentos. "Queremos agradecer essa oportunidade que o Assaí Atacadista traz para Goiânia e para Goiás. Queremos que outras empresas possam seguir na mesma linha", reiterou. 

O exemplo da Unimed Goiânia também é considerado um importante investimento para o parlamentar.  “A diretoria trouxe para nós esse case, que acaba sendo uma referência para todas as unidades da Uniodonto no Brasil, no sentido de aproveitar, de garantir a economia, de respeitar o meio ambiente e a sustentabilidade com ações práticas”, pontuou Cruvinel. 

Diante da iniciativa pioneira, a Uniodonto Goiânia foi convidada a participar da próxima reunião do Fórum do Setor Energético, a fim de trazer a sua expertise, para que esse caso de sucesso seja levado a outras entidades como estímulo para pensarem nessa pauta. “O exemplo dessa unidade da cooperativa odontológica merece ser apresentado para todo o estado de Goiás”, acentua Virmondes.

Solução energética

Na busca de soluções de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis e limpas, a Uniodonto Goiânia investiu R$ 250 mil na instalação da usina de energia, o que gerou uma economia mensal de 80% de energia elétrica. O retorno do recurso aplicado será no prazo de três anos e três meses.

Com vida útil do sistema de aproximadamente 25 anos, é baixa a despesa em manutenção específica, já que o único cuidado necessário é a limpeza regular das placas. “É um case interessantíssimo que precisamos levar para outras pessoas conhecerem”, reiterou o parlamentar. 

Agenda das ações

3 de março - Reunião com a Federação das Indústrias do Estado (Fieg) - instituição do Fórum Permanente do Setor de Mineração do Estado de Goiás;

9 de abril - 33ª reunião - debateu Fontes Renováveis de Energia no Brasil: marco regulatório da nova lei do gás; desafios e possibilidades para Goiás;

28 de maio - 34ª reunião com o tema: Desmistificando a Energia Fotovoltaica;

3 de maio - Visita técnica à usina fotovoltaica do Assaí Atacadista;

7 de junho - Visita técnica à usina fotovoltaica da Uniodonto Goiânia.

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar