Acesso à
Transparência

Deputados aprovam declaração de utilidade pública a instituições goianas

21 de Outubro de 2021 às 16:11

O Plenário do Legislativo goiano aprecia, nesse instante, as matérias constantes da Ordem do Dia da sessão ordinária híbrida desta quinta-feira, 21. Os projetos de lei relacionados, abaixo, foram alguns dos aprovados nessa tarde pelos parlamentares. 

Processo nº 2923/20 - Deputado Jeferson Rodrigues (Republicanos) - Declara de utilidade pública a Associação Emanuel, com sede no município de Caldas Novas. Projeto aprovado, em segunda votação, com 21 votos favoráveis e nenhum contrário.

Processo nº 978/20  - Apensado ao de nº 1331/20 - Deputado Thiago Albernaz (Solidariedade) - Declara de utilidade pública o Abrigo São Vicente de Paulo, com sede no município de Niquelândia. Propositura aprovada, em segunda votação, por 23 votos a 0.

Processo nº 5079/19 – Deputado Jeferson Rodrigues (Republicanos) - Institui diretrizes para o estímulo ao empreendedorismo para alunos do ensino médio da Rede de Educação Pública do Estado de Goiás. Projeto de lei aprovado, em primeira votação, por 21 votos a 0.

Processo nº 5069/21 - Deputada Lêda Borges (PSDB) - Declara de utilidade pública a Associação Urbana dos Remanescentes de Quilombos Rufino Francisco (Arqrfn). Propositura aprovada por 21 a 0, em primeira fase de votação. 

Processo nº 6781/21 - Deputado Lissauer Vieira (PSB) - Declara de utilidade pública a Associação Grupo Mãos Solidárias, com sede no município de São Luís de Montes Belos (GO). Proposição aprovada, em primeira fase de votação, por 22 a 0.

Processo nº 5411/21 - Deputada Lêda Borges (PSDB) - Declara de utilidade pública o Instituto Socioeducativo Integrar, com sede em Valparaíso de Goiás. Houve 23 votos a favor e nenhum contrário e aprovação ocorreu em primeira fase. 

 

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar