Acesso à
Transparência

Ícone alego digital Ícone alego digital

Helio de Sousa quer reforçar papel da barragem do João Leite como reservatório de águas para evitar uso do local para fins turístico

13 de Maio de 2022 às 15:33
Crédito: Denise Xavier
Helio de Sousa quer reforçar papel da barragem do João Leite como reservatório de águas para evitar uso do local para fins turístico
Dep. Helio de Sousa

O deputado Helio de Sousa (PSDB) apresentou na Assembleia Legislativa o projeto de lei nº 1947/22, que altera a Lei nº18.462, de 9 de maio de 2014, que cria o Parque Estadual do João Leite.

Na prática, a matéria reforça que o parque se destina, exclusivamente, a preservar a qualidade das águas do reservatório de captação de águas para abastecimento público de Goiânia e região Metropolitana, além de preservar a flora e fauna, as belezas cênicas e controlar a ocupação do solo na região. Ainda pode ser usado para fins científicos, bem como para o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental.

O parlamentar explica que a proposta se justifica tendo em vista a existência de notícias veiculadas pela mídia, acerca da intenção de se liberar a barragem do João Leite para destino de visitação e lazer, por meio da transformação de unidades de conservação.

“É inquestionável o prejuízo que essa medida causa ao meio ambiente. Nesse sentido, o Jornal O Popular veiculou entendimento de especialistas, a exemplo de Everaldo Pastore, na esteira de que o uso público do parque deve ser contido, vez que foram criados para proteger a vegetação”, escreve Helio de Sousa.

O deputado reforça, ainda, que, segundo a reportagem, servidores da Saneago e técnicos sanitaristas pontuaram que a preservação está sendo colocada em segundo plano, pois não existe a garantia de prioridade para o abastecimento público, à medida que esse é colocado no mesmo nível do turismo.

“Não se pode esquecer também que o direito ao meio ambiente equilibrado é garantia constitucional e, com a liberação da barragem do João Leite, está sendo vulnerada. Por isso esse projeto de lei”, concluiu Helio.

A matéria foi encaminhada para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Casa, onde foi distribuída à relatoria para o deputado Charles Bento  (MDB).       

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar