Acesso à
Transparência

Ícone alego digital Ícone alego digital

Inclusão de mulheres vítimas de violência doméstica no programa CNH Social tem sanção da Governadoria

20 de Janeiro de 2023 às 12:54

Aprovada em duas votações na Alego em dezembro de 2022, foi sancionada a Lei Estadual nº 21.783 (originalmente projeto de lei nº 2834/20), de autoria da deputada Delegada Adriana Accorsi (PT), que visa incluir mulheres vítimas de violência doméstica no programa CNH Social.

No texto, a parlamentar acrescenta o inciso IV ao art. 2° da Lei n° 20.637, de 12 de novembro de 2019, estendendo o benefício do Programa Estadual CNH Social para mulheres de baixa renda vítimas de violência doméstica e que estejam sob medidas protetivas.

Na justificativa da lei, Adriana explica que um dos objetivos é proporcionar novas oportunidades para as mulheres vítimas de violência doméstica. Segundo a deputada, as agressões desencadeiam doenças psicológicas, prejudicando, assim, a vida dessas mulheres, mesmo após o fim do relacionamento abusivo. Dentre as doenças, a propositora cita a depressão, a ansiedade, o estresse pós-traumático e também frisa que, na maioria das vezes, elas se tornam dependentes dos seus companheiros como, por exemplo, no aspecto financeiro.

A deputada afirma, ainda, que, após traumas, é necessário que essas vítimas sejam amparadas pelo Estado. Para ela, é imprescindível a criação de mais políticas públicas para auxiliar mulheres vítimas de violência doméstica. “Essa proposta tem o intuito de auxiliá-las a retomarem o controle de suas vidas, podendo gerar oportunidade de trabalhos para elas que, muitas vezes, são financeiramente dependentes de seus agressores”, conclui.

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa política de privacidade. Se você concorda, clique em ESTOU CIENTE.