Humberto Aidar defende que feirantes sejam ouvidos sobre revitalização da Feira Hippie

19 de Novembro de 2018 às 14:20

O deputado Humberto Aidar (MDB) afirma que é impossível promover a revitalização da Praça do Trabalhador sem ouvir os representantes dos mais de cinco mil feirantes que ali trabalham, como participantes da Feira Hippie. Por isto, ele promove na tarde desta segunda-feira, 19, no Auditório Costa Lima, a audiência pública “Revitalização da Praça do Trabalhador e Entorno”. O parlamentar frisa que a Prefeitura de Goiânia já orçou a obra, no Centro de Goiânia, em R$ 6,6 milhões, incluindo o prolongamento da Avenida Leste-Oeste até Senador Canedo.

“Segundo recadastramento recente, são mais de cinco mil famílias que estão sem saber o que vai acontecer. Então, nós convidamos todas as partes, a começar pelo prefeito, e todas as secretarias para dizer ao feirante que tamanho é esse projeto. Queremos esclarecer se as bancas vão ocupar que espaço, se isso será feito por módulos, ou se eles querem transferir para outro local”, explica o parlamentar.

Aidar ressalta que, além das mais de cinco mil famílias que trabalham de forma direta, a feira gera mais de 30 mil empregos de forma indireta. “No final, são cerca de 100 mil trabalhadores que dependem do local e convivem com essa incerteza tem uns dois anos. Há também a questão da avenida Leste-Oeste que passa no local. Então, achamos oportuno promover esta discussão”, esclarece.

Compartilhar