Acesso à
Transparência

Notícias dos Gabinetes
Após denúncia na Alego, atendimento no Ipasgo é retomado e presidente é substituído

21 de Setembro de 2021 às 14:23

O deputado estadual Delegado Eduardo Prado  (DC) foi um dos principais parlamentares a denunciar a decisão do Governo de Goiás de cortar pela metade os atendimentos considerados não urgentes realizados pelo Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo).

 Na última semana, Prado, além de encaminhar representação ao Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) e à Defensoria Pública (DPE-GO), solicitou ao instituto informações técnicas sobre os atendimentos e repasses. Segundo Eduardo Prado, vários servidores entraram em contato para que intervisse na situação. “Sei da minha função como deputado estadual. Lutei para que os servidores, que têm descontado na folha todo mês o valor destinado ao Ipasgo, tivessem seus direitos de volta. Fico feliz em saber que nossa luta não foi em vão. Pelo contrário, foi eficaz e célere, com a retomada dos atendimentos e substituição do presidente”, diz.

Eduardo Prado espera investigação dos órgãos de defesa para apurar possíveis irregularidades na administração do instituto. “Continuamos na nossa missão de legislar e fiscalizar as ações do Governo. Nenhum servidor será prejudicado por má gestão”, defende o parlamentar.

Gabinete Dep. Delegado Eduardo Prado Conteúdo de responsabilidade do deputado e sua assessoria de imprensa, não representando opinião ou conteúdo institucional da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).
Compartilhar