Acesso à
Transparência

Ícone alego digital Ícone alego digital

Notícias dos Gabinetes
Assembleia aprova projeto que obriga praça de pedágio a aceitar pagamento com cartão de crédito

10 de Novembro de 2022 às 15:45
Assembleia aprova projeto que obriga praça de pedágio a aceitar pagamento com cartão de crédito

O Plenário da Assembleia Legislativa aprovou, em votação final, durante a Ordem do Dia da sessão ordinária híbrida desta quarta-feira, 9, a proposição de nº 6065/21, de autoria do deputado Julio Pina (PRTB). O projeto foi apensado à propositura de nº 7746/21, de autoria do deputado Amilton Filho (MDB). A matéria estabelece às empresas concessionárias da administração das rodovias estaduais a obrigatoriedade de disponibilizarem aos usuários a opção de pagamento das tarifas de pedágio nos postos de cobrança com cartão de crédito ou débito.

O projeto assinado por Amilton Filho destaca que será vedado o aumento das tarifas de pedágio ao usuário final, devendo o Poder Executivo oferecer às concessionárias compensações de outra natureza para restabelecer o equilíbrio contratual porventura.

‘‘O transtorno que o pagamento exclusivamente em dinheiro gera aos usuários é tão inegável quanto injustificável. Afinal, as modalidades de pagamento em cartão de crédito e débito não são novidade, já que 76% dos estabelecimentos comerciais brasileiros aceitam cartão de débito como forma de pagamento’’, diz a justificativa da propositura do emedebista.

Já a justificativa apresentada por Julio Pina frisa que a iniciativa deverá proporcionar maior segurança aos usuários, bem como aos funcionários dos guichês das praças de pedágio, visto que o pagamento por meio de cartão diminuirá a circulação de dinheiro em espécie e, consequentemente, inibirá os assaltos próximos às praças de pedágio. “Além do mais, o pagamento do pedágio mediante cartão débito e/ou de crédito garantirá maior comodidade e praticidade aos usuários, que não precisarão se preocupar em portar dinheiro em espécie para o pagamento”, defende o propositor.

Como a matéria foi aprovada em segunda fase de discussão e votação, ela está apta a seguir para a sanção do governador Ronaldo Caiado (UB).

Gabinete Dep. Julio Pina Conteúdo de responsabilidade do deputado e sua assessoria de imprensa, não representando opinião ou conteúdo institucional da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).
Compartilhar

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa política de privacidade. Se você concorda, clique em ESTOU CIENTE.