Acesso à
Transparência

Cláudio Meirelles propõe obrigatoriedade da higienização periódica de edifícios e condomínios

29 de Junho de 2020 às 17:56

O deputado Cláudio Meirelles (PTC) é o autor do projeto de lei nº 2962/20, que propõe a obrigatoriedade da higienização periódica de edifícios ou condomínios como medida de combate ao novo coronavírus.

Se a proposta for aprovada, como medida de enfrentamento à covid-19, os prédios públicos e condomínios comerciais ou residenciais,  deverão adotar protocolo de higienização periódica a tudo que seja de amplo uso em seus espaços de uso comum, como, por exemplo, portas, maçanetas, corrimões, puxadores, interfones e elevadores. A higienização deverá ser realizada diariamente, em intervalos que garantam total assepsia, com álcool de concentração 70% ou outro produto capaz de exterminar o novo coronavírus.

No caso dos condomínios comerciais e residenciais, caberá ao síndico fazer cumprir todas as providências necessárias ao atendimento da proposta, sob pena de responsabilidade pessoal.  

O descumprimento da proposta poderá ser denunciado pelos condôminos aos órgãos competentes e acarretará ao infrator multa de R$ 2.000,00 por infração, podendo dobrar em caso de reincidência.  É importante ressaltar que a lei vigorará enquanto perdurar o estado de calamidade pública previsto pelo Decreto Legislativo nº 501, de 25 de março de 2020, ou ato posterior que prorrogue o prazo nele inicialmente estabelecido, em decorrência da crise causada pela pandemia.

A matéria foi encaminhada à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e tem relatoria do deputado Hélio de Sousa (PSDB).

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar