Acesso à
Transparência

Politizar no Prêmio Unale

23 de Novembro de 2021 às 09:00
Crédito: Sérgio Rocha
Politizar no Prêmio Unale
Politizar
Programa desenvolvido pela Alego e UFG é finalista no prêmio Assembleia Cidadã, da Unale. Votações serão nos dias 24, 25 e 26 de novembro (para votar, é necessário se inscrever por meio de cadastro).

Indicado pela Presidência do Legislativo goiano, o Programa Politizar, da Assembleia Legislativa de Goiás, é um dos finalistas para concorrer ao prêmio Assembleia Cidadã, da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), na 24ª Conferência Nacional da entidade.  As votações para o concurso ocorrem nos dias 24, 25 e 26 de novembro, na modalidade presencial para membros da Unale e parlamentares que prestigiarem o evento. A votação pode ser realizada também de forma on-line, por meio do site oficial da entidade. Para isso, é necessário se inscrever na conferência, por meio de cadastro disponível neste link.

Para o presidente do Parlamento goiano, deputado Lissauer Vieira (PSB), o projeto possui grande relevância e requisitos para vencer. “Do Politizar saíram projetos que viraram leis em Goiás. É um programa que virou referência e eu não tenho dúvidas de que tem uma condição muito boa de concorrência na Unale. Nós vamos fazer todo o esforço para voltar com o troféu”, frisa. 

O projeto

O programa Politizar é um projeto de iniciativa do Legislativo goiano, em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), que tem como objetivo aproximar estudantes universitários do Poder Público, especificamente, do Legislativo, além de contribuir com a formação cidadã e educação política dos acadêmicos.

Para atender a esse intuito, os participantes têm experiências práticas sobre a política brasileira, por meio de uma vivência que simula atividades cotidianas de deputados estaduais, assessores de comunicação e jornalistas políticos dentro do Parlamento estadual. “O Politizar é um programa que deu certo aqui na Assembleia e virou referência para várias outras Casas Legislativas do país”, pontua Lissauer Vieira.

“Um programa que simula o Parlamento, que traz estudantes e os estimula a conhecer as tramitações da Casa Legislativa. Esse é um objetivo que temos na nossa gestão: fazer com que as pessoas se interessem cada vez mais sobre os processos legislativos, sobre a tramitação desses processos e conheçam, de fato, a atuação do deputado e sua importância”, elucida o presidente da Alego. 

Reconhecimento

Coordenadora do projeto desde 2013, Mariza Barboza comemora a participação do Politizar no concurso e pede empenho para a população goiana, bem como aos deputados e servidores da Casa, para a conquista do título. “Caso venha a acontecer a vitória do Politizar, será a primeira vez que um projeto goiano vence . O Politizar, a cada ano, abrange mais municípios goianos e também há o crescimento do número de inscritos”, pontua.

De acordo com Mariza, foi enviado um material elucidativo a respeito do programa, para avaliação. O Politizar permaneceu, inicialmente, entre os sete finalistas. Nesta última etapa, o projeto desenvolvido pela Alego foi selecionado para estar entre os três finalistas. O trabalho ocupa a categoria de projetos especiais.

A coordenadora também destaca a importância da conquista. “Com isso, abrimos novas janelas e novos projetos são criados. Havendo maior engajamento  da sociedade e abrangendo um número maior de jovens que entraram na política, alguns foram, inclusive, eleitos vereador, e hoje são nossos embaixadores e ajudam a divulgar o projeto”, frisa.

Diante da conquista em estar entre os finalistas do maior evento Legislativo da América Latina, Mariza destina seus agradecimentos a todos os envolvidos no desenvolvimento do Politizar. “Agradeço a todos os colegas da Alego, bem como `s direção da Casa, na pessoa do presidente Lissauer, por ter nos dado a oportunidade de participar do prêmio Assembleia Cidadã da Unale, e a todos que, durante todos esses anos, estiveram conosco em cada edição. A cada ano houve um aumento gradual no número de participantes, graças à dedicação e empenho de cada um dos colegas”, assinala.

A coordenadora agradece ainda aos alunos inscritos desde a primeira edição, que desempenharam atividades de  monitores, instrutores, deputados, assessores, jornalistas e a toda equipe Politizar por seu engajamento. "À Escola do Legislativo, por ter aberto as portas para nosso crescimento, à UFG, pela parceria, e aos professores orientadores que fazem e fizeram parte da equipe. Agora, é torcer muito.”

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar