Ir para o conteúdo principal
  • 13
  • Set.
  • 2017
  • 16:50

Reunião Ordinária da CPI da Goiás Turismo

A- A+

CPI da Goiás Turismo

Empresas do segmento artístico com sede no Estado terão sigilo fiscal quebrado. Representantes de oito delas serão ouvidos na próxima semana. As ações foram tomadas nesta 4ª-feira pela Comissão.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga supostas irregularidades praticadas pela Goiás Turismo aprovou a quebra do sigilo fiscal de diversas empresas do segmento artístico referente ao faturamento delas nos exercícios de 2013 a 2016. A deliberação foi feita durante reunião presidida pelo deputado Cláudio Meirelles (PR) nesta quarta-feira, 13, no Auditório Solon Amaral da Assembleia Legislativa.

O relator da CPI, deputado Humberto Aidar (PT), autor do requerimento aprovado, explicou que as notas fiscais emitidas por esses empreendimentos embasarão a análise de eventuais irregularidades na autorização de atos de inexigibilidade de licitação na contratação de shows artísticos. “Este é o meio para que a Comissão alcance a verdade real dos fatos apurados, ou seja, se houve efetivamente o superfaturamento ou o favorecimento de determinadas empresas e, se consequentemente, isso está causando danos ao erário”, ressaltou.

O presidente da CPI, deputado Cláudio Meirelles, disse que os Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios utilizaram de critérios técnicos para se chegar aos nomes que serão investigados. Dentre os pontos a serem observados estão o valor recebido desses empreendimentos e quantidade de eventos realizados por eles em contratação feita pela Agência Goiana de Turismo.

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito agendaram para quarta-feira, 20, e quinta-feira, 21, as primeiras oitivas para ouvir oito dessas empresas; quatro em cada data. Na quarta-feira serão ouvidas Wolf Music, Acar Produções e Publicidade, Fábrica de Shows, Produções e Eventos e Brizza Produções Culturais. Na quinta-feira as oitivas serão com Circuito Shows Produções e Eventos, Zrt3 Produções e Eventos, Marka-3 Produções Artísticas e Camargo e Cardoso Eventos Ambiental.

Estiveram presentes na reunião desta tarde os deputados Lívio Luciano (PMDB), Gustavo Sebba (PSDB) e Marquinho Palmerston (PSDB).  As atividades foram assessoradas pela procuradora do quadro da Procuradoria da Casa, Regiani Dias. 

Assembleia em Tempo Real

21/11/2017

15:09 - Sessão ordinária é aberta em Plenário nesta terça-feira, 21

14:46 - Programa de assistência ao idoso e política voltada para autistas são aprovadas na CCJ

14:39 - CCJ aprova projeto que cria Colégio da Polícia Militar no município de Luziânia

14:10 - CCJ aprova veto do Governador a projeto de Helio de Sousa

14:04 - Deputado Álvaro Guimarães abre reunião da CCJ nesta terça-feira

13:51 - Projeto da Governadoria doa imóvel para reconstrução de praça em Turvânia

12:56 - Curso de Relacionamentos Interpessoais e Resolução de Conflitos tem avaliação positiva

11:52 - Encerrada audiência que debateu o feminicídio em Goiás

11:44 - Representante do Governo se compromete levar demandas ao conhecimento do governador

10:44 - Participantes opinam na audiência pública sobre “Política de Doação de Sangue Em Goiás”

10:31 - Aberto espaço para perguntas durante audiência sobre feminicídio

10:31 - Conselheira sugere criação de centro de referência para atendimento às mulheres

10:25 - “Violência contra a mulher começa com as ameaças”, destaca presidente do Conem

10:20 - Segunda Secretária do CES e Presidente da Cut discordam do Procurador do Estado

10:15 - Perita criminal destaca importância de se seguir as diretrizes nacionais sobre o feminicídio

10:03 - Procurador do Estado afirma que o Governo Estadual fiscalizará os hemocentros em Goiás

10:02 - Delegada de Aparecida de Goiânia afirma que educação é a solução para feminicídio

09:53 - Delegada incentiva que mulheres denunciem casos de violência

09:43 - Adriana Accorsi destaca a importância da mobilização contra o feminicídio

09:34 - Aberta audiência pública que trata sobre a Política de Sangue no Estado

09:23 - Tem início audiência pública sobre feminicídio em Goiás

08:44 - Francisco Jr faz visita técnica ao Centrer da Emater

08:03 - Audiência pública debate Feminicídio em Goiás nesta terça-feira

07:21 - Alego realiza hoje 7º encontro do curso de Relacionamentos Interpessoais

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...