Acesso à
Transparência

Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Públicas conta com oito partidos na Alego

14 de Maio de 2019 às 10:31

Uma verdadeira união suprapartidária se formou na Assembleia Legislativa para defender os interesses das universidades federais e da UEG em Goiás. Proposta por Antônio Gomide (PT), a frente é composta por 10 deputados, totalizando oito partidos de diferentes matizes ideológicas.

“Esta é a ideia deste trabalho: unir forças políticas distintas em defesa da UEG, dos IFs e da UFG diante do cenário de cortes que temos visto ser anunciado, principalmente pelo governo federal”, explica Antônio Gomide.

Para o deputado, a participação de partidos com posições ideológicas, que muitas vezes se confrontam, mostra o quanto o tema da Educação é forte dentro da Assembleia Legislativa.

“Este é um tema que não distingue legendas. Todos os agentes públicos reconhecem a importância da Educação como ferramenta transformadora da sociedade. Quando o assunto é criar oportunidades de crescimento social, esquerda, direita e centro ganham novas definições e se tornam uma só força para resistir aos cortes e propor um novo debate que amplie as chances de quem quer cursar uma faculdade”, completa Gomide.

O grupo já deve começar nesta semana uma agenda de trabalho, com visitas a campus de universidades e a realização de um abaixo assinado. “A participação popular é o que vai fortalecer a nossa voz e a nossa atuação em defesa do ensino público, gratuito e de qualidade”, finaliza.

Saiba quem são só deputados da frente:

 

Antônio Gomide - PT
Adriana Accorsi - PT
Diego Sorgatto - PSDB
Lucas Calil - PSD
Coronel Adailton - PP
Virmondes Cruvinel - Cidadania
Rafael Gouveia - DC
Major Araújo - PRP
Humberto Aidar - MDB
Helio de Sousa - PSDB

Compartilhar