Acesso à
Transparência

Campanha Outubro Rosa nas redes sociais da Alego alerta mulheres sobre importância de se fazer exames preventivos

16 de Outubro de 2020 às 17:00
Crédito: Maykon Cardoso
Campanha Outubro Rosa nas redes sociais da Alego alerta mulheres sobre importância de se fazer exames preventivos
Campanha Outubro Rosa na Alego

A última postagem da campanha Saúde Real, desenvolvida nas redes sociais da Assembleia Legislativa de Goiás, reforça o chamado do Outubro Rosa.  

Os cards chamam a atenção das mulheres, principalmente, àquelas que têm uma rotina cheia de atividades, para a importância de reservarem um tempo para fazer o autoexame das mamas e, ainda, para irem ao médico e se necessário, fazer a mamografia, exame capaz de detectar nódulos nas mamas, que podem ser malignos.

O Outubro Rosa é uma campanha mundial iniciada em 1997 em cidades dos Estados Unidos, que começaram a fomentar ações voltadas para a prevenção ao câncer de mama, através do diagnóstico precoce. Como forma de sensibilizar a população, os locais públicos eram enfeitados com laço cor-de-rosa. Com o tempo, a ideia foi expandindo e chegando a outros países. A partir daí outras ações também foram desenvolvidas, como corridas e desfiles de moda com sobreviventes da doença.   

Segundo o site outubrorosa.com.br, no Brasil, as primeiras manifestações da campanha aconteceram em 2002 e desde então, várias iniciativas são desenvolvidas todos os anos, sendo as mais visíveis, prédios públicos e particulares iluminados de rosa.

Tudo isso para lembrar o quanto é importante o diagnóstico precoce da doença. No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres no País, excluídos os tumores de pele não melanoma. São cerca de 59 mil novos casos a cada ano, o que representa uma taxa de incidência de 51,29 casos por 100 mil mulheres. O diagnóstico precoce possibilita que as chances de cura sejam muito maiores para a paciente, chegando a 95%. Infelizmente, quanto mais avançado for o estágio do câncer de mama no momento em que a doença é detectada, ou seja, quanto mais tarde a doença for diagnosticada e tratada, essa chance de cura vai ficando menor. 

Hábitos de vida saudáveis, como a prática de atividade física, alimentação balanceada, manutenção do peso corporal adequado, não fumar e não beber também ajudam na prevenção. 

Se você gosta de estar sempre por dentro de dicas valiosas para a sua saúde, acompanhe as postagens semanais da campanha Saúde na Real, no Facebook, Instagram e Twitter da Alego. 

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar