Acesso à
Transparência

Doação de sangue na Alego

19 de Fevereiro de 2019 às 17:00
Crédito: Foto Y. Maeda
Doação de sangue na Alego
14ª edição da Campanha na Alego
Equipe do Hemocentro recebe 1ºs doadores na manhã desta 3ª-feira, na campanha realizada em parceria com a Assembleia Legislativa. Um dos doadores foi o deputado Paulo Trabalho. "Todos devem dar sua contribuição", afirmou.

Teve início, na manhã desta terça-feira, 19, a 14ª edição da campanha de doação de sangue para o Hemocentro realizada pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em parceria com o órgão. Um dos doadores desta manhã foi o deputado Paulo Trabalho (PSL), estreante como legislador no Parlamento Estadual. É a primeira vez que ele doa sangue. Ao final do dia, a diretoria de Saúde, Raquel Franco informou que esta primeira campanha do ano contabilizou 47 bolsas colhidas, com aproveitamento de 80%, ou seja, 37 bolsas. 

Após o procedimento, Trabalho contou que em Posse, sua cidade, não há um banco de sangue nem um Hemocentro. “Aproveitei a oportunidade para fazer minha primeira doação. Acho, inclusive, que seria muito interessante que este ônibus fosse também para o meu município. Lá, certamente, eles poderão atender pessoas que querem ajudar a salvar vidas, mas que infelizmente não possuem essa oportunidade. Irei verificar qual caminho devo tomar para que isso aconteça o mais brevemente possível.”

O parlamentar assegurou que irá colaborar novamente na próxima edição do evento. “Já deixei minha vaga reservada para doar novamente daqui a três meses. Todos devem dar sua contribuição e salvar vidas. Este é o meu apelo”, pontuou o deputado. 

Outro doador na manhã desta terça-feira foi o chefe de gabinete do deputado Rafael Gouveia (DC), João Moreira de Rezende, um veterano no ato de solidariedade. “Apesar do Legislativo ser um experiência nova para mim, o ato de doar é um hábito antigo. Sou doador há mais de dez anos. Ao chegar aqui e me deparar com essa parceria, resolvi fazer a minha parte”, conta. Para ele, a sociedade vive um período de mudanças. “Como chefe de gabinete de um parlamentar, me dispus a dar o bom exemplo. Por isso, fiz a minha parte para ajudar a salvar vidas."

De três em três meses

Pela parceria Alego-Hemocentro, a cada três meses é disponibilizado um ônibus com profissionais especializados em triagem e coleta de sangue. O veículo fica disponível na frente da sede da Assembleia Legislativa para as doações. Tendo em vista o déficit de bolsas e o crescente número de acidentes que ocorre neste período do ano, especialistas asseguram que o estoque precisa ser reforçado.

Titular da Diretoria de Saúde e Meio Ambiente de Trabalho da Casa, a médica Raquel Lúcio Franco reforça que uma única bolsa de sangue pode salvar até cinco vidas, tendo em vista que as doações podem ser fracionadas. Em entrevista à Agência Assembleia de Notícias, a médica enalteceu a contribuição dos servidores da Casa. “A Assembleia tem uma quantidade significativa de servidores. Tanto que temos uma lista e, ao nos aproximarmos da campanha, acionamos cada um deles para que possam voltar a doar.”

Coordenadora de captação do Hemocentro, Kamilla Leles destaca que devido às festas de final de ano e o período de férias, no mês de janeiro o Hemocentro sofre uma redução do número de bolsas em estoque. Isso faz com que este período seja ainda crítico, tanto pela baixa quantidade de sangue como também pelo crescente número de acidentes no carnaval. “Esse movimento acontece não só em Goiás, mas em todo o País. Necessitamos de mais sangue. A Assembleia, assim como os demais parceiros, é extremamente importante para a manutenção dos nossos estoques.”

Ao final do dia a diretora confirmou para meados do mês de maio a segunda etapa da campanha em parceria com o Hemocentro.

Compartilhar