Ir para o conteúdo principal
  • 07
  • Ago.
  • 2017
  • 09:16

A- A+

Projeto do deputado Marlúcio Pereira prevê monitoramento eletrônico de agressores de mulheres

Nos 11 anos em comemoração a criação da Lei Maria da Penha, que serão celebrados na próxima segunda-feira, 7, passou a tramitar esta semana na Assembleia Legislativa projeto de lei de autoria do deputado Marlúcio Pereira (PSB), que  dispõe sobre o monitoramento eletrônico de agressor de violência doméstica e familiar contra a mulher, seus familiares e/ou testemunhas, que esteja cumprindo alguma das Medidas Protetivas de Urgência, constante da Lei Federal nº 11.340, de 7 de agosto de 2006.

Ainda segundo a matéria, o agressor deverá ser instruído sobre o uso do equipamento eletrônico de monitoramento e dos procedimentos para fins de fiscalização efetiva da medida de afastamento.

Já a mulher ofendida será informada sobre os procedimentos para fins de fiscalização efetiva da medida de afastamento.

Segundo a revista EXAME.com, em uma pesquisa realizada pelo Datafolha, Goiás ficou em segundo lugar no ranking nacional dos estados mais violentos para as mulheres. No geral, a proporção de mulheres assassinadas tem crescido nos últimos anos. Segundo o estudo, a taxa de homicídios entre mulheres saltou 7,5% entre 2005 e 2015. (http://exame.abril.com.br/brasil/os-piores-estados-para-ser-mulher-no-brasil/)

O deputado está confiante na aprovação do projeto que ainda tramitará nas comissões temáticas da Assembleia. “Esta é mais uma arma para juntos vencermos este mau, que é a violência doméstica. Os números são preocupantes e nós não podemos ficar parados. Por outro lado este projeto vem se somar, inclusive com outras ações como o Patrulha Maria da Penha, criada pelo governador Marconi Perillo”, justifica o deputado.

Gabinete: Marlúcio Pereira

Assembleia em Tempo Real

21/11/2017

15:09 - Sessão ordinária é aberta em Plenário nesta terça-feira, 21

14:46 - Programa de assistência ao idoso e política voltada para autistas são aprovados na CCJ

14:39 - CCJ aprova projeto que cria Colégio da Polícia Militar no município de Luziânia

14:10 - CCJ aprova veto do Governador a projeto de Helio de Sousa

14:04 - Deputado Álvaro Guimarães abre reunião da CCJ nesta terça-feira

13:51 - Projeto da Governadoria doa imóvel para reconstrução de praça em Turvânia

12:56 - Curso de Relacionamentos Interpessoais e Resolução de Conflitos tem avaliação positiva

11:52 - Encerrada audiência que debateu o feminicídio em Goiás

11:44 - Representante do Governo se compromete levar demandas ao conhecimento do governador

10:44 - Participantes opinam na audiência pública sobre “Política de Doação de Sangue Em Goiás”

10:31 - Aberto espaço para perguntas durante audiência sobre feminicídio

10:31 - Conselheira sugere criação de centro de referência para atendimento às mulheres

10:25 - “Violência contra a mulher começa com as ameaças”, destaca presidente do Conem

10:20 - Segunda Secretária do CES e Presidente da Cut discordam do Procurador do Estado

10:15 - Perita criminal destaca importância de se seguir as diretrizes nacionais sobre o feminicídio

10:03 - Procurador do Estado afirma que o Governo Estadual fiscalizará os hemocentros em Goiás

10:02 - Delegada de Aparecida de Goiânia afirma que educação é a solução para feminicídio

09:53 - Delegada incentiva que mulheres denunciem casos de violência

09:43 - Adriana Accorsi destaca a importância da mobilização contra o feminicídio

09:34 - Aberta audiência pública que trata sobre a Política de Sangue no Estado

09:23 - Tem início audiência pública sobre feminicídio em Goiás

08:44 - Francisco Jr faz visita técnica ao Centrer da Emater

08:03 - Audiência pública debate Feminicídio em Goiás nesta terça-feira

07:21 - Alego realiza hoje 7º encontro do curso de Relacionamentos Interpessoais

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...