Ir para o conteúdo principal
  • 13
  • Set.
  • 2017
  • 15:36

A- A+

Major Araújo se posiciona contra projetos de lei e critica suposta omissão da imprensa

Segundo a discursar no Pequeno Expediente da sessão ordinária desta tarde de quarta-feira, 13, o deputado Major Araújo (PRP) utilizou seus cinco minutos na tribuna para criticar projetos de lei enviados à Casa pelo Governo do Estado, e o posicionamento da imprensa ao não noticiar o envolvimento do governador Marconi Perillo (PSDB) com ação penal.

A primeira matéria com a qual o parlamentar não concorda autoriza o Executivo a abrir mais de 600 cargos comissionados no Estado. “O Ministério Público pede revogação de lei que, meses atrás, abriu 800 cargos, e mesmo assim recebemos novos pedidos para subir o número de comissionados. Essas pessoas todas atuam, na realidade, como cabos eleitorais do Governo e de sua base”, afirmou Major Araújo.

Ele ainda é contrário a outro projeto de lei que não estipula limite de gastos com publicidade pelo Executivo. "Há alguns anos o Governo enviou para cá matéria que limitava seus gastos com propaganda em 0,5%. Agora pedem a revogação dessa lei sem estabelecer novo limite. Isso, para mim, também é indicativo de campanha. Campanha essa paga com dinheiro público”, declarou.

Por fim, o deputado teceu crítica à imprensa goiana, que não teria divulgado a informação de que Marconi Perillo seria réu na Ação Penal nº 1855, do Ministério Público Federal. “Esse assunto é relevante para o povo de Goiás, então por que não está nas capas dos jornais?”, questionou, ao finalizar seu discurso. 

Assembleia em Tempo Real

21/11/2017

15:09 - Sessão ordinária é aberta em Plenário nesta terça-feira, 21

14:46 - Programa de assistência ao idoso e política voltada para autistas são aprovados na CCJ

14:39 - CCJ aprova projeto que cria Colégio da Polícia Militar no município de Luziânia

14:10 - CCJ aprova veto do Governador a projeto de Helio de Sousa

14:04 - Deputado Álvaro Guimarães abre reunião da CCJ nesta terça-feira

13:51 - Projeto da Governadoria doa imóvel para reconstrução de praça em Turvânia

12:56 - Curso de Relacionamentos Interpessoais e Resolução de Conflitos tem avaliação positiva

11:52 - Encerrada audiência que debateu o feminicídio em Goiás

11:44 - Representante do Governo se compromete levar demandas ao conhecimento do governador

10:44 - Participantes opinam na audiência pública sobre “Política de Doação de Sangue Em Goiás”

10:31 - Aberto espaço para perguntas durante audiência sobre feminicídio

10:31 - Conselheira sugere criação de centro de referência para atendimento às mulheres

10:25 - “Violência contra a mulher começa com as ameaças”, destaca presidente do Conem

10:20 - Segunda Secretária do CES e Presidente da Cut discordam do Procurador do Estado

10:15 - Perita criminal destaca importância de se seguir as diretrizes nacionais sobre o feminicídio

10:03 - Procurador do Estado afirma que o Governo Estadual fiscalizará os hemocentros em Goiás

10:02 - Delegada de Aparecida de Goiânia afirma que educação é a solução para feminicídio

09:53 - Delegada incentiva que mulheres denunciem casos de violência

09:43 - Adriana Accorsi destaca a importância da mobilização contra o feminicídio

09:34 - Aberta audiência pública que trata sobre a Política de Sangue no Estado

09:23 - Tem início audiência pública sobre feminicídio em Goiás

08:44 - Francisco Jr faz visita técnica ao Centrer da Emater

08:03 - Audiência pública debate Feminicídio em Goiás nesta terça-feira

07:21 - Alego realiza hoje 7º encontro do curso de Relacionamentos Interpessoais

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000.

Carregando...