Ir para o conteúdo principal

Audiência pública discute a LDO em Simolândia

A- A+

Debate LDO em Simolândia

Presidente da Comissão de Finanças da Alego, Karlos Cabral presidiu a audiência pública que debateu a LDO para o exercício de 2020, na cidade de Simolândia, na manhã desta 6ª-feira, 14. A reunião teve lugar na Câmara Municipal.

O fórum de debates que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2020 passou pela cidade de Simolândia na manhã desta sexta-feira, 14. A reunião ocorreu na Câmara Municipal. O deputado e presidente da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), Karlos Cabral (PDT), presidiu os trabalhos.  

Estiveram presentes no debate, além de Karlos Cabralo vice-presidente da Comissão, Jeferson Rodrigues (PRB); deputado Paulo Trabalho (PSL); o presidente da Câmara Municipal de Simolândia, Ronaldo “ de Toin de Lena” (PDT). Além deles, o prefeito Ademar Antônio (PDT), e o superintendente executivo de Planejamento da Secretaria de Estado da Economia de Goiás, Eduardo Scarpa. Ademais, diversos vereadores de cidades da microrregião Nordeste de Goiás estiveram presentes.  

Karlos Cabral disse que a reunião foi de grande importância pelo tema em debate. Foi a primeira vez que membros da Alego se reuniram na cidade de Simolândia. “Estamos ouvindo as demandas de vários municípios para compormos um relatório para a LDO. Já estivemos em Iporá, Goiás Velho, Itumbiara, Catalão, Luziânia e, hoje, estamos aqui, mas vamos ainda em diversas outras cidades até o dia 25. Queremos moldar uma Lei Orçamentária que atenda as demandas de todas as regiões do Estado”, disse.   

O presidente da Câmara Municipal, Ronaldo “ de Toin de Lena”, afirmou estar muito feliz porque o município recebeu esse debate. “Fico feliz que o povo de Simolândia está tendo uma grande oportunidade de conhecer os deputados e saber mais sobre a LDO. Os pequenos municípios sofrem muito”, falou.   

O superintendente executivo de Planejamento da Secretaria de Estado da Economia de Goiás, Eduardo Scarpa, apresentou, por meio de slide-show, as três principais Leis que regem o orçamento estadual, a supracitada LDO, o Planejamento Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária (LOA). A aula de Scarpa foi semelhante a que foi ministrada na quinta-feira, 13, em Luziânia. A intenção foi esclarecer a população presente do que se tratam as Leis e, dessa forma, deixar aberto espaço para que possam trazer suas reivindicações.  

A LDO, de acordo com Scarpaaponta quais são os caminhos que o governo vai trilhar para construir o orçamento no final do ano. É usada pelo governo para estabelecer as principais diretrizes e metas da administração pública para o exercício a que se refere e para os dois anos subsequentes, desdobradas em receita e despesa, resultado primário e nominal e estoque da dívida pública consolidada. “Ela serve de base para que os municípios também façam duas LDOs, por isso é tão importante vocês conhecerem seu teor”, explicou 

Quando o espaço foi aberto para o debate público, os presentes fizeram diversas reivindicações para a saúde pública da região, mobilidade urbana, rede fluvial, iluminação e poços artesianos nos assentamentos, pavimentação asfáltica, educação, saneamento básico (tratamento de esgoto), construção de presídio, desenvolvimento tecnológico e desenvolvimento das microrregiões com instalação de empresas para gerar empregos, etc.  

As próximas reuniões vão ocorrer em Ceres e Uruaçu, no dia 17; Rio Verde, dia 19; Mineiros e Quirinópolis, no dia 24; e, por último, o debate na Capital, que será realizado no dia 25, na Alego. 

Assembleia em Tempo Real

16/07/2019

13:05 - Encerramento das atividades

12:46 - Júlio Pina quer que 25% das vagas nos colégios militares sejam para filhos e dependentes de PMs e bombeiros

11:27 - Projeto visa dar transparência aos processos de licitação

10:43 - Alteração do Pró-Atleta visa beneficiar desportistas femininas

09:18 - Projeto de lei quer estabelecer em 20 minutos o tempo máximo de espera em agências bancárias

08:29 - Zé Carapô quer maior autonomia a produtor familiar

07:30 - Proposta de Amilton Filho incentiva a atividade circense no Estado

06:53 - Início das atividades

15/07/2019

13:01 - Encerramento das atividades

11:38 - Lêda Borges propõe política de combate ao bullying em escolas públicas

11:28 - Projeto de Henrique César propõe maior controle de armas

10:21 - Adriana Accorsi quer que mulheres internadas sem acompanhante sejam assistidas por profissional do sexo feminino

09:15 - Projeto auxilia portadores de doenças que utilizam aparelhos que consomem energia elétrica

08:00 - Lucas Calil propõe equiparar direitos em prol de pessoas com doença renal crônica

07:30 - Projeto institui alterações na lei que regulamenta concursos públicos

07:08 - Início das atividades

12/07/2019

13:09 - Encerramento das atividades

12:35 - Wilde Cambão quer método de segurança mais efetivo em maternidades de Goiás

11:32 - Virmondes Cruvinel quer ampliar recursos em educação, pesquisa e inovação

10:14 - Adriana Accorsi propõe limitar circulação de crianças em ambientes comerciais

09:11 - Lissauer quer que concessão de medalhas a militares passe a ser reconhecida por lei

08:15 - Projeto quer obrigar bancos e shoppings centers a terem intérpretes de Libras

07:31 - Karlos Cabral pretende incentivar consumo de alimentos orgânicos

07:00 - Início das atividades

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...