Ir para o conteúdo principal

A- A+

Deputado destaca ações da Casa de Apoio Olinta Guimarães

“A ação social da Casa de Apoio Olinta Guimarães salva vidas”.

A dona de casa Wânia Maria Marques Batista, de 59 anos, é viúva, mãe de seis filhos, avó de 15 netos e três bisnetos. Reside com a família no município de Santo Antônio do Descoberto, no entorno de Brasília, há 181 quilômetros de Goiãnia. Sempre teve uma vida tranquila e dedicada à família, até que recebeu o diagnóstico de câncer no reto, em estágio 2. Foram meses entre idas e vindas a hospitais de Santo Antônio do Descoberto, Brasília e Taguatinga, mas o tratamento não foi iniciado por falta de vaga. Cansados de tanta espera, a família buscou ajuda na Casa de Apoio Olinta Guimarães, por intermédio da coordenadora Déborah de Araújo, o tratamento foi iniciado em março desse ano, em Goiânia. Em quatro meses, a paciente enfrentou 15 sessões de quimioterapia e 28 de radioterapia no Hospital das Clínicas, em Goiânia. A cirurgia está agenda para o dia 9 de janeiro de 2019.

Acolhida pela equipe da Casa de Apoio Olinta Guimarães, Wânia Maria recebeu todo o suporte logístico de transporte, estadia e alimentação. Assim, a dona de casa enfrentou corajosamente e com muita fé a primeira etapa do tratamento contra o câncer. “Se não fosse essa casa, o apoio e o cuidado de cada integrante da equipe, não teria iniciado o tratamento até hoje”, afirma Wânia Maria. A paciente conta que o projeto social idealizado pelo deputado Álvaro Guimarães, foi indicado por um familiar que conhece o trabalho social e humanitário desenvolvido pela instituição, coordenada por Déborah de Araújo. “Recebemos um tratamento especial da equipe que nos ofereceu muito cuidado, dedicação e atenção. São pessoas que se compadecem com o sofrimento do outro e que ajudam a transformar a dor em força para lutar, superar e vencer”.

De acordo com a filha da paciente, Flávia Batista dos Santos, de 44 anos, no decorrer do tratamento, foi preciso fazer um exame emergencial de alto custo, no valor de R$ 4,2 mil. Para ajudar a família, a Déborah sugeriu que fosse feita uma galinhada beneficente para arrecadar fundos e realizar o exame o mais rápido possível. “São pessoas que fazem diferença na vida da gente em todos os sentidos, principalmente emocional. Questões financeiras são minimizadas e superadas com tanto amor e dedicação que eles dispensam a todos que entram naquela Casa de Apoio”, relata Flávia.

Assembleia em Tempo Real

25/03/2019

22:57 - Encerramento das atividades

20:48 - Sessão especial para celebrar Campanha da Fraternidade é encerrada no Plenário

20:45 - Dom Washington Cruz explica a razão da Igreja em levantar a reflexão política

20:40 - Humberto Aidar repercute tema da Campanha e sobre necessidade de se banir a corrupção

20:32 - Em discurso, Humberto Aidar e Dom Washington Cruz abordam o tema "Fraternidade e as políticas públicas"

20:20 - Presidente abre solenidade dedicada à Campanha da Fraternidade de 2019

19:04 - Comissão de Turismo recebe amanhã às 11 horas a presidente da ABIH na Alego

18:23 - Lissuaer destina mais de R$ 2,7 milhões para 20 municípios goianos investirem em Saúde

18:20 - Audiência pública debate falhas na prestação de serviços pela Enel Goiás nesta terça-feira, 26

18:00 - Após intervenções do público, é encerrada audiência pública que discutiu segurança de barragens

17:39 - Reunião da Comissão da Educação aprova convite para Fátima Gavioli

17:28 - Relator da Comissão de Desastre de Brumadinho afirma que pacote com projetos será entregue à Câmara dos Deputados no fim de abril

16:54 - José Mário Schreiner defende que lei sobre barragens precisa diferenciar as utilizadas como reserva de água para produtores rurais

16:37 - André Janones declara que apenas multas não previnem tragédias em barragens

16:24 - Escola do Legislativo dá início ao curso Poder Legislativo e Processo Legislativo para servidores do vespertino

15:55 - Para deputado federal Zé Silva a impunidade estimula novas tragédias

15:38 - Andréa Vulcanis diz que Goiás deve ter ao menos 30 mil barragens de água ou resíduos

15:25 - Flávia Morais disse que legislação deve permitir exploração sustentável da mineração

14:58 - Karlos Cabral diz que quatro projetos sobre segurança de barragens em Goiás tramitam na Alego

14:51 - Aberta audiência pública sobre segurança das barragens em Goiás

14:24 - Projeto de lei incentiva valorização e fomenta o artesanato em Goiás

13:00 - Título de cidadania ao presidente Jair Bolsonaro deve ser apreciado esta terça-feira, 26, na CCJ

12:49 - Veto derrubado na CCJ deve ser apreciado em plenário nesta semana

12:20 - Sala reservada à amamentação em empresas públicas e privadas é proposta de Adriana Accorsi

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás - Palácio Alfredo Nasser - Alameda dos Buritis, 231.
Setor Oeste - CEP: 74115-900 - Tel: (62) 3221-3000. CNPJ: 02.474.419/0001-00.

Carregando...