Acesso à
Transparência

Cláudio Meirelles quer cozinha de estabelecimento comercial aberta à visitação

22 de Janeiro de 2021 às 12:12

Obrigar os supermercados, hipermercados e estabelecimentos similares, localizados em Goiás, a permitir a todo e qualquer usuário a visitação a sua cozinha e outras dependências onde sejam preparados e armazenados os alimentos nas áreas de cortes e preparo de carnes e frios embalados ou não, destinados ao consumo.

É o que dispõe o projeto de lei n. 5701/20, de autoria do deputado Cláudio Meirelles (PTC), em tramitação na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

“A visitação da cozinha e outras dependências onde sejam preparados e armazenados os alimentos, proporcionará o conforto aos clientes de saberem as condições de trabalho e a situação estrutural das cozinhas e a qualidade dos alimentos que estão sendo preparados”, coloca o parlamentar em sua justificativa.

Segundo Meirelles, a possibilidade de clientes visitarem a cozinha conduzirá à adequação dos estabelecimentos comerciais a padrões de qualidade e higiene necessários à proteção do consumidor. 

O parlamentar ressalta, ainda, que de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 8 da Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, os produtos e serviços colocados no mercado de consumo não podem acarretar riscos à saúde ou segurança dos consumidores.

Aprovada preliminarmente, em Plenário, na sessão do dia 18 de dezembro, a proposição foi encaminhada à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alego, para discussão e aprovação.

 

 

Agência Assembleia de Notícias
Compartilhar